todos os diários

todos os diários
diário da Dilma

Feliz é a hiena, que ri da desgraça plena

Se a geração de 68 suspeitasse que o ímpeto revolucionário ia dar nisso, teríamos ido mais à Disney e menos a Ibiúna
todos os diários
diário da Dilma

Sutil é o cágado, que não pede abrigo a ninguém

Nos documentos da Lava Jato, descobri que o juiz se chama Sergio Fernando Moro. Sergio Fernando destrói qualquer reputação. Usarei na hora certa
todos os diários
diário da Dilma

Em tempo de crise, ovo de codorna é caviar

Não entendi nada sobre essas ondas gravitacionais. Dá para estocar?
todos os diários
diário da Dilma

Não se dá peixe pra foca antes de ela fazer o truque

Malandro é o Cunha, que abre conta na Suíça pra não pagar CPMF
todos os diários
diário da Dilma

Vê-se pela aragem quem vai na carruagem

Kátia Abreu (quem diria) lavou a minha alma com vinho tinto. Isso o MST nunca fez por mim
todos os diários
diário da Dilma

Candongas não fazem festa

Caí seis posições na lista das mulheres mais poderosas do mundo. Estou atrás da Tatá Werneck e da Jout Jout
todos os diários
diário da Dilma

Sardinha que dá nó em pingo d'água acaba de nadadeira amarrada

O que mais doeu foi perder o apoio da Dilma Bolada. Segundo a Abin, ela vai para a Rede Sustentabilidade
todos os diários
diário da Dilma

Devolva o Saraminda que você me tomou. E nunca leu

Mandei entregar um para-choque de caminhão na casa da Marta Suplicy com a frase “É fácil falar de mim, difícil é ser eu”
todos os diários
diário da Dilma

Quem primeiro se queixa foi quem atirou a ameixa

Esse Laércio agora vem dizer que o Congresso está de cócoras. Passou recibo
todos os diários
diário da Dilma

Seu Inácio tinha uma fazenda, ia-ia-ô

Sonhei que tinha indicado o Arno Augustin para a Fazenda. Dilminha, seu nome é coerência
A gente apanha por ter cão, a gente apanha por não ter cão
diário da Dilma

A gente apanha por ter cão, a gente apanha por não ter cão

A gente apanha por ter cão, a gente apanha por não ter cão
diário da Dilma

Malandro é o pirata que fala com o telefone no gancho

Mandei importar cinquenta exemplares do Granma. Adoro ler sobre a situação do capitalismo à beira do abismo
A gente apanha por ter cão, a gente apanha por não ter cão
diário da Dilma

A cacunda do bobo é o poleiro do esperto

Putin me deu conselhos muito bons sobre como abafar essa onda de impeachment. Coisa de fazer o Zé Dirceu corar
A gente apanha por ter cão, a gente apanha por não ter cão
diário da Dilma

Em terra de malandro, rainha usa boné

Prenderam um ex-presidente da CBF, mas bater panela durante um jogo da Seleção, ninguém bate
A gente apanha por ter cão, a gente apanha por não ter cão
diário da Dilma

Briga o mar com a praia, quem paga é o caranguejo

Nem em Porto Alegre, reduto do brizolismo moleque, as pessoas me dão sossego
A gente apanha por ter cão, a gente apanha por não ter cão
diário da Dilma

Tô mais confusa que camaleão diante de arco-íris

Agora que terceirizei os destinos da nação nas mãos do triunvirato Cunha–Renan–Levy, já posso me dedicar ao catálogo do Netflix
A gente apanha por ter cão, a gente apanha por não ter cão
diário da Dilma

Não posso dar mole pra Kojak

Viva a elite branca! Carmen Mayrink Veiga, a própria, me elogiou num site
A gente apanha por ter cão, a gente apanha por não ter cão
diário da Dilma

Nem vem de garfo que hoje é dia de sopa

Só falta descobrirem que aquela ardósia dos olhos do Chico é lente de contato
mais posts