rádio piauí

Foro de Teresina #4: Um elefante na eleição, o recado do Tocantins e a dança dos números

Em seu quarto programa, o podcast de política da piauí conta com a participação especial da jornalista Julia Duailibi. O Foro vai ao ar toda quinta-feira, às 17h

07jun2018_16h33
A eleição-tampão de Tocantins emitiu um sinal de alerta para o pleito de outubro.
A eleição-tampão de Tocantins emitiu um sinal de alerta para o pleito de outubro. ILUSTRAÇÃO: PAULA CARDOSO

Completados dois meses da prisão do ex-presidente Lula, o Foro de Teresina começa debatendo as indefinições da campanha petista à Presidência; no segundo bloco, o tema é a eleição-tampão realizada para o governo de Tocantins; por fim, o último bloco discute as novidades do cenário eleitoral registradas por uma nova pesquisa de intenções de voto.

Bloco 1: Ainda um elefante
Líder nas pesquisas eleitorais e preso há mais de sessenta dias em Curitiba, Lula será lançado oficialmente esta semana como pré-candidato do PT à Presidência. Muito distante de uma possível aliança com Ciro, o partido empurra a escolha de seu representante para as vésperas do pleito e arrisca ter um dos piores resultados eleitorais de sua história.

Bloco 2: Tocantins na vanguarda?
Depois da cassação do mandato do governador Marcelo Miranda e de sua vice Cláudia Lélis, o Tocantins realizou uma eleição para definir o governo-tampão do estado até o fim do ano. Apoiada pelo PT, a senadora Kátia Abreu ficou em quarto lugar; o criador da Ficha Limpa, Márlon Reis, teve ainda menos votos e ficou em quinto. Disputam o segundo turno Mauro Carlesse e Vicentinho, representantes da máquina estatal. As escolhas dos eleitores e a altíssima abstenção no primeiro turno dão pistas do que pode estar por vir nas eleições de outubro.

Bloco 3: A dança dos números
A pesquisa de intenções de voto à Presidência da República realizada esta semana pelo portal Poder360 coloca Jair Bolsonaro na liderança e Ciro Gomes em segundo lugar, isolado dos demais candidatos. A campanha de Geraldo Alckmin patina, mas o desempenho de seu correligionário João Doria, que alimenta um improvável sonho presidencial, é ainda pior. A pesquisa, que foi realizada por telefone, e não apresentou Lula em nenhum dos cenários, precisa ser lida com algumas ressalvas, embora seja um bom termômetro do momento.

Quer ouvir os episódios anteriores? Clique aqui.

Você também pode ouvir o podcast em outras plataformas:

 Spotify: clique aqui.

 iTunes: clique aqui.

 SoundCloud: clique aqui.

 YouTube: clique aqui.

Resultado de imagem para stitcher icone  Stitcher: clique aqui.

Resultado de imagem para rss  Feed: é possível acompanhar o Foro de Teresina por outros agregadores. Para isso, o RSS do podcast é http://forodeteresina.libsyn.com/rss

Está tendo dificuldades para ouvir o podcast? Confira o nosso guia.

Ficha técnica:
Apresentação: Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Malu Gaspar
Direção: Paula Scarpin
Produção: Luiza Miguez e Luigi Mazza
Edição: Filipe Di Castro
Finalização e mixagem: João Jabace
Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno
Identidade visual: João Brizzi
Ilustração: Paula Cardoso
Distribuição: Kellen Moraes, Luigi Mazza e Yasmin Santos
Gravado no estúdio da Rádio Batuta, no Instituto Moreira Salles

mais rádio piauí

Últimas Mais Lidas

Maria vai com as outras #10: Fim da temporada – Divisão sexual do trabalho

No último episódio desta temporada, a jornalista e escritora Rosiska Darcy de Oliveira fala...

Foro de Teresina #22: O arrastão da direita, a derrota da mídia tradicional e o favoritismo de Bolsonaro

O podcast de política da piauí analisa a corrida presidencial após o primeiro turno

Maria vai com as outras extra: ao vivo no Foro de Teresina

Ouça a participação de Branca Vianna no podcast de política da piauí; o bloco...

Foro de Teresina ao vivo: ouça todos os blocos

Programa especial do primeiro turno está disponível para os ouvintes

Saiba como foi o Foro de Teresina especial do primeiro turno

Jornalistas da piauí acompanharam a apuração do primeiro turno por seis horas ao vivo

Foro de Teresina extra: tensão na reta final

Às vésperas do primeiro turno, o podcast de política da piauí analisa o cenário...

Foro de Teresina #21: Moro volta à cena, o efeito bumerangue do #EleNão e o segundo turno antecipado

O podcast de política da piauí analisa a corrida presidencial a poucos dias do...

Foro de Teresina terá edição ao vivo na apuração dos votos do primeiro turno

Programa será transmitido em vídeo no domingo, 7 de outubro, a partir das 17...

Foro de Teresina #20: O segundo turno já começou, ameaças à democracia e a dura vida dos governadores

O podcast de política da piauí discute os fatos mais recentes da corrida eleitoral

Maria vai com as outras #9: Sexo como ganha-pão

A prostituta de luxo Livia Rodrigues, a dona de uma sex shop para lésbicas...

Mais textos
1

A imprensa precisa fazer autocrítica

Foram anos tratando o inaceitável como controverso ou mesmo engraçado

2

Vivi na pele o que aprendi nos livros

Um encontro com o patrimonialismo brasileiro*

3

Os formadores da onda

SuperPop, comunismo e Lava Jato: sete eleitores de uma mesma família no Rio de Janeiro enumeram as razões por que votam em Bolsonaro

4

O candidato do colapso

Poder de Bolsonaro nasceu da devastação social e dela dependerá

5

O fiador

A trajetória e as polêmicas do economista Paulo Guedes, o ultraliberal que se casou por conveniência com Jair Bolsonaro

6

E se o Brasil sair do Acordo de Paris?

O que Bolsonaro precisa fazer para abandonar o tratado climático, e como o recuo ameaça a parceria comercial bilionária com a União Europeia

7

Medo por medo, dá Bolsonaro

Datafolha mostra que PT não projeta sonho mas continuísmo

8

Dois empresários paulistas contam por que estimulam Bolsonaro

Fundador da Tecnisa e dono de empresa de monitoramento de mídia marcam encontros entre pré-candidato e comunidade judaica de São Paulo. “Apoio quem seja contra a esquerda”, resume incorporador

9

Bolsonaro e a tirania da maioria

País que exige ficha limpa de políticos desdenha da ficha democrática

10

Bolsonarismo não é partido

Democracia brasileira depende de petismo e antipetismo se organizarem em siglas que se respeitem