Ameaçado de ter cenas cortadas em reprise de “Senhora do Destino”, personagem se revolta: “Não fui eu, foi o José Mayer!”

07abr2017_19h28

PROJAC – Senhora do Destino, a novela que celebrizou as maldades de Nazaré Tedesco, está sendo exibida novamente pela Globo no Vale a Pena Ver de Novo. Mas a notícia divulgada ontem de que a emissora pretendia cortar a maior parte das participações de José Mayer na obra de ficção deixou o personagem que ele interpreta preocupado.

“Não fui eu, foi o José Mayer”, bradou Dirceu, o personagem, ao saber que suas aparições na trama poderiam ser cortadas.

Mayer se envolveu num episódio de assédio sexual. O ator já divulgou uma carta em que pede desculpas pelo ocorrido, e a Globo negou que vá reduzir a participação dele na reprise. Nada disso aquietou Dirceu. Ele se diz inocente e ameaça ir ao Projac vestindo uma camiseta da campanha Mexeu com Uma, Mexeu com Todas.

Em entrevista ao jornal do Partido da Causa Operária, a atriz Letícia Sabatella também reagiu à notícia, preocupada. Reclamou da falta de compaixão da emissora e levantou a hipótese de que o personagem esteja sofrendo perseguição. “Vocês acham que a decisão seria a mesma se o nome do personagem não fosse Dirceu?”