EXCLUSIVO: Saiba se seu nome está na lista do Fachin, do piauí Herald

18abr2017_10h36

GARGANTA PROFUNDA – O The piauí Herald divulga em primeira mão a lista do Ministro Edson Fachin com o seu nome entre os investigados na Operação Lava Jato. O vazamento foi obtido com exclusividade por nossos repórteres em Brasília, empenhados em cumprir a função de não permitir que nenhum cidadão brasileiro se sinta excluído dos desdobramentos da Operação.

 

Aloysio Nunes (PSDB – SP). Ministro das Relações Exteriores

Você é acusado de receber ilegalmente R$ 500 mil para sua campanha ao Senado em 2010. Em termos de Lava Jato, isso não é lá tanto assim, mas a coisa ficou um pouco feia porque você é o chanceler do país.

Dica do meme: procure não misturar questões externas (Caixa 2) e internas (Caixa 1).

Blairo Maggi (PP – MT). Ministro da Agricultura, Pesca e Abastecimento

Você é acusado de receber ilegalmente R$ 12 milhões para a campanha ao governo de Mato Grosso em 2006. Mesmo para você, acostumado a grandes somas, o valor impressiona.  

Dica do meme: Você é ambicioso e quer ir longe. Continue assim. Em se plantando, tudo dá.

Bruno Araújo (PSDB – PE). Ministro das Cidades

Você é acusado de receber doação de R$ 600 mil não declarados em 2010 e 2012. É nessas horas que sua mãe lhe perguntaria: “mas meu filho, por que não declarou?”

Dica do meme: não guarde os seus sentimentos só para você, isso pode machucar a si mesmo e as pessoas ao seu redor. Declare-se!

Eliseu Padilha (PMDB – RS). Ministro-chefe da Casa Civil

Você é acusado de receber propina de R$ 4 milhões, além de levar 1% do valor do contrato de R$ 324 milhões para a construção de linha na Trensurb (RS). É jogando alto que você se sente em casa, mas às vezes, como diz o ditado, a casa cai (já outras vezes é só a luz que cai, não dá para saber).

Dica do meme: quem disse que de trem não se vai a Curitiba?

Gilberto Kassab (PSD – SP). Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

Você é acusado de receber R$ 20 milhões como “vantagem indevida” entre 2008 e 2014, como prefeito de São Paulo e ministro de Dilma; e recebeu R$ 2 milhões para a campanha de 2008 oriundos de contrato com a Dersa. Acumular tarefas é mesmo uma ciência.

Dica do meme: cuidado, pois da macieira de Newton pode cair o Japonês da Federal.

Helder Barbalho (PMDB – PA). Ministro da Integração Nacional

Você é acusado de receber R$ 1,5 milhão em campanha para o governo do Pará. Você é jovem e ambicioso, mas não pode deixar que os milhões lhe ceguem – muito menos que lhe sigam.

Dica do meme: quem sabe se você parar de seguir o Janot no Twitter ele não para de perseguir você?

Marcos Pereira (PRB – RJ). Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços

Você é acusado de receber R$ 7 milhões para o seu partido em 2014. Espírito esportivo e fairplay são os seus fortes.

Dica do meme: mantenha-se altruísta. Afinal, um por todos, todo por um (milhão).

Moreira Franco (PMDB – RJ). Ministro-Chefe da Secretaria-Geral da Presidência

Você é acusado de solicitar o repasse ilegal de R$ 4 milhões na campanha de 2014. Articular interesses e distribuir boas notícias é a sua vocação.

Dica do meme: cuidado para não confundir os interlocutores. Hoje em dia, em Brasília, os nervos estão à flor da pele – e os dossiês também.

Aécio Neves (PSBD – MG). Senador

Você é alvo de 5 inquéritos. Num deles é acusado de receber R$ 7,3 milhões “a pretexto de doação” para a campanha de Antonio Anastasia. Campeão em número de inquéritos, você faz questão de ser o centro das atenções.

Dica do meme: está na hora de desapegar dos excessos. Em particular, livre-se do número 5 o quanto antes.

Romero Jucá (PMDB – RR). Senador

Você também é alvo de 5 inquéritos, disputando a pole position da lista de Fachin com Aécio Neves. Uma das acusações é a de que você articulou a aprovação de uma MP em troca de doação a seu filho, Rodrigo Jucá. Não há dúvidas de que você é um pai cuidadoso.

Dica do meme: chega de dar o peixe, ensine seu filho a pescar.

José Serra (PSDB – SP). Senador

Você é acusado de receber pagamentos irregulares em quatro campanhas: 2004 (R$ 2 milhões); 2006 (R$ 4 milhões); 2008 (R$ 3 milhões); 2010 (R$ 23 milhões). Você marcou muito a história de outras pessoas, agora as lembranças estão voltando.

Dica do meme: Não se deixe abalar pelo que vem do passado, ignore o que os outros falam: você não é um museu!

Guido Mantega (PT – SP). Ex-ministro da Fazenda (2006-2015)

Você é acusado de solicitar vantagem em contrapartida pela atuação em prol da aprovação, pela Previ, de aquisição de torre comercial no Parque da Cidade. No xadrez dá para trocar a torre de lugar, na vida não se sabe o que acontece.

Dica do meme: deixe as torres no lugar, monte num cavalo e ligue para o melhor bispo que você conhece.