PT, PSDB e PMDB propõem lei Marisa da Penha, que permite a maridos atribuir decisões a suas esposas

12maio2017_19h11

PIANTELLA – O depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sergio Moro entusiasmou as bancadas dos maiores partidos brasileiros. PMDB, PSDB e PT apresentaram na manhã desta sexta-feira um projeto de lei que autoriza homens a responsabilizarem suas parceiras por decisões que eles tomaram. A proposta ganhou a alcunha de lei Marisa da Penha em função de Lula ter dito que sua viúva cuidava do tríplex no Guarujá.

 

O presidente Michel Temer declarou apoio integral ao projeto. “Já fiz comentários infelizes a respeito das relações entre marido e mulher. Para provar que me atualizei, apoio 100% a lei Marisa da Penha, que busca distribuir igualitariamente os ônus e bônus no âmbito de um casal.”
A discussão da proposta suscitou uma debandada de mulheres de parlamentares para o exterior. Letícia Weber e Rosilene Brito, parceiras, respectivamente, de Aécio Neves e Romero Jucá, já se encontram em Nova York.