Colisão dos egos de Gilmar Mendes e Trump pode provocar novo Big Bang, alertam cientistas

09jun2017_11h32

TELESCÓPIO HUBBLE – Pela primeira vez na história, a NASA emitiu um alerta roxo, o nível mais elevado na escala de instabilidade cósmica. O responsável pela advertência é o choque iminente dos egos de Gilmar Mendes e Donald Trump. O evento pode dissolver a integridade não apenas da democracia americana e do Judiciário brasileiro, mas de todo o tecido espacial.

Segundo a NASA, a comunidade internacional vem desenvolvendo intrincados ardis para minorar a ameaça. Não são conhecidos detalhes dos planos. Sabe-se apenas que Herman Benjamin, ministro do Superior Tribunal de Justiça do Brasil, e James Comey, ex-diretor do FBI, foram escalados para antagonizar com Mendes e Trump, respectivamente.

O astrofísico Neil de Grasse Tyson salienta a gravidade do momento e relembra a última ocasião em que o risco de um novo Big Bang se apresentou: “Em 2001, a colisão dos egos de FHC, Steve Jobs e Kim Jong-il quase provocou uma hecatombe universal. Mas aí veio o José Serra e jogou a autoestima do então presidente brasileiro no chão.” De seu escritório, em Cleveland, Tyson disse acredita que o fim está mesmo próximo. “Agora que o Gilmar entrou no Twitter, é questão de tempo até ele e Trump se cruzarem.”