Prestes a deixar a Carceragem da PF, Marcelo Odebrecht é cotado para assumir posto de Rogério 157 na Rocinha

06dez2017_12h38

NASDAQ – As ações da holding Comando Vermelho S.A começaram o dia em alta, mesmo diante da prisão de Rogério 157, chefe do tráfico na Rocinha. Nas bolsas de Nova York, de São Paulo e da Louis Vuitton, comenta-se que o crescimento se deve à expectativa de que o empresário Marcelo Odebrecht assuma as operações do conglomerado assim que deixar a Carceragem da PF de Curitiba, no dia 19 de dezembro.

“Ele é sem dúvida o executivo mais qualificado para o cargo”, comentou o economista Ricardo Amorim, em edição especial do Manhattan Connection. “Não só por trazer todo um know how de crime organizado da época em que presidia a Odebrecht, mas também por ter feito um MBA super concorrido com os professores Eduardo Cunha, José Dirceu e Lúcio Funaro em Curitiba.”

O processo de recrutamento de um novo CFO para o Comando Vermelho está sendo feito pelo escritório do marqueteiro João Santana. Jorge Picciani e metade da bancada do PMDB na Alerj correm por fora.