Gilmar Mendes cria conceito de Habeas Auxilium-Moradian

07fev2018_15h07

CONDOMÍNIO SOLAR DAS TOGAS – A Justiça brasileira parou na manhã desta quarta-feira para ver o discurso de Gilmar Mendes, ministro do STF, em que foi anunciado a criação da figura jurídica do Habeas Auxilium-Moradian. “Se o Habeas Corpus garante o direito de ir e vir, então essa nova ferramenta garantirá, àqueles que merecem, o direito de ficar”, explicou o corpulento magistrado. “Ficar e regozijar do conforto de um auxílio-moradia ou de um apartamento funcional, mesmo quando se tem um imóvel próprio na mesma cidade. Ficar onde quer que seja, sem ser importunado. Basta!”

Emocionados, alguns juízes não contiveram as lágrimas. Cantos de “Ô, Vossa Excelência voltou” e “Eu, eu sou Supremo, com muito orgulho, com muito amor” foram ouvidos nas galerias das mais diversas varas pelo país. O ministro Luiz Fux divulgou nota celebrando o novo artifício: “Isso só aumenta a confiança que a Justiça tem na própria Justiça.”

Para conter os ânimos populares, o STF também protocolou pedido para a criação do chamado “auxílio-brioche”, em que o governo se compromete a doar pães de origem francesa à população carente que insiste em reclamar. A medida deve ser votada em novembro do ano 4891.