Em Benfica, volta de Cabral é comparada à ressurreição de Cristo

11abr2018_17h26
Com o retorno de Cabral, Benfica vai postular uma estrela no Guia Michelin
Com o retorno de Cabral, Benfica vai postular uma estrela no Guia Michelin

ANTIQUARIUS “E no terceiro recurso impetrado no STF, ele voltou.” As palavras bíblicas tiradas do Evangelho segundo Gilmar encerraram  a missa ocorrida no presídio de Benfica, na tarde desta quarta-feira. A fase dizia respeito à decisão proferida pela Segunda Turma do Supremo, durante a manhã, que permitiu que o ex-governador Sérgio Cabral volte a cumprir pena no presídio de Benfica, no Rio.

“Aleluia!”, gritou um presidiário, comparando a volta de Cabral à ressurreição de Jesus Cristo. “É o evento mais importante em Benfica desde que o profeta Moisés Mendes abriu o Mar Vermelho e a cela do Picciani com um único habeas corpus.”

A expectativa pela volta de Cabral é grande. “Ele é o único presidiário capaz de transformar água em vinho, e pão em queijo de cabra.”