Sabatina: Bolsonaro vai mandar bonecão do posto em seu lugar

07jun2018_18h06
Quando indagado sobre qual será a política fiscal de Bolsonaro, o bonecão costuma chacoalhar os braços
Quando indagado sobre qual será a política fiscal de Bolsonaro, o bonecão costuma chacoalhar os braços

RANCHO DA PAMONHA – “Em boca fechada não entra mosca e não sai excremento”. Foi com essa frase que o deputado federal Jair Bolsonaro comunicou sua decisão de não participar da sabatina dos presidenciáveis organizada por Folha, UOL e SBT. Bolsonaro também avisou que será representado por um bonecão do posto verde e amarelo – decisão que agradou o mercado, fazendo a Bolsa subir e o dólar descer a porrada.

Analistas afirmam que a estratégia é ousada, mas pode surtir efeitos, já que o bonecão é um personagem carismático e menos propenso a falar barbaridades. “Vejo ele ocupando um posto como a Casa Civil ou o Itamaraty num eventual governo Bolsonaro”, explicou um analista da XP Investimentos. “Mas nada impede que ele também esteja à frente dos Direitos Humanos, da privatização da Eletrobras ou de um ministério novo, que deve ser criado para dar auxílio-moradia a outros bonecões de Brasília.”

Em paralelo, tem circulado a notícia de que o Pato da Fiesp deve ser oficializado como vice na chapa do candidato. O restante do ministério deve ser formado pelos bonecos Xaropinho, Chucky, Baby da Silva Sauro e Paulo Guedes.