A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Biografias de candidatos a prefeito de Rio e São Paulo têm erros e omissões

por Clara Becker, Cristina Tardáguila, Raphael Kapa e Juliana Dal Piva
23.ago.2016 | 10h24 |

O senador Marcelo Crivella diz ter feito doutorado na Universidade de Pretória, na África do Sul. Não fez. O deputado federal Celso Russomanno diz que, atendendo a um pedido de Fernando Henrique Cardoso, organizou o Sistema Nacional de Política e Defesa do Consumidor. O ex-presidente não se lembra disso. A deputada federal Luiza Erundina afirma que foi secretária de Educação em Campina Grande (PB), em 1958. Na verdade, ela foi diretora, um cargo mais abaixo na hierarquia.

Nos últimos dias, a Lupa se debruçou sobre as informações biográficas fornecidas por diversos candidatos às prefeituras do Rio de Janeiro e de São Paulo em seus sites campanha e em suas redes sociais. Constatou que muitos deles andam “melhorando” seus currículos.

Leia aqui a reportagem sobre os principais candidatos do Rio de Janeiro.

Leia aqui a reportagem sobre os principais candidatos de São Paulo.

*Nota: Esta reportagem foi publicada na página A7 do jornal Folha de S.Paulo no dia 23 de agosto de 2016.

** Nota 2: A equipe de jornalistas da Lupa continua checando as biografias oferecidas pelos demais candidatos a prefeito. Os textos poderão ser atualizados a qualquer instante.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo