A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Gabriela Gonçalves/CBN
Foto: Gabriela Gonçalves/CBN

Marta diz que não tem ‘um tostão’, mas arrecadou R$ 2,4 milhões

Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
07.set.2016 | 13h08 |

Na manhã desta quarta-feira (7), a candidata do PMDB à Prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, foi sabatinada pela CBN SP. A equipe de jornalistas da Lupa acompanhou a entrevista, verificando o grau de veracidade das afirmações dela. Veja o resultado do trabalho – que também foi divulgado na CBN – logo abaixo.

Ao ser questionada sobre o novo modelo de financiamento de campanha, que impede doações de empresas, Marta Suplicy afirmou:

“Eu estou achando uma dificuldade. A gente não tem um tostão”

EXAGERADO

De acordo com o site DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), dos 11 candidatos a prefeito de São Paulo, Marta é a que mais arrecadou. Após três semanas de campanha, a candidata tem em caixa R$ 2,48 milhões. João Doria (PSDB) aparece em segundo, com R$ 2,43 milhões. E Celso Russomano (PRB), em terceiro, com R$ 2,4 milhões.

Na lista de doadores de Marta, até o dia 6 de setembro, há 78 pessoas físicas. Algumas delas doaram mais de uma vez. A que menos doou repassou à Marta R$ 3 mil.

O principal doador da peemedebista até agora é, como ela disse na sabatina, seu cunhado Ivan Correa de Toledo Filho, que repassou R$ 500 mil à campanha. Esse é o mesmo valor doado à Marta pela Direção Nacional do PMDB.


Na mesma sabatina, a candidata criticou a administração do atual prefeito, Fernando Haddad (PT), e disse que:

“Quatro hospitais (foram) comprados e não foram ativados”

EXAGERADO

De acordo com o Programa de Metas 2013-2016 da Prefeitura de São Paulo, o atual prefeito construiria quatro hospitais. Um deles, o  Hospital Municipal Dr. Gilson de Cassia Marques de Carvalho, já está concluído. Está em funcionamento desde janeiro deste ano.

Outros dois estão em fase avançada de obras. O de Brasilândia está na fase de superestruturação e vedação. E, segundo a Secretaria de Comunicação da Prefeitura, o Hospital de Parelheiros está em fase de acabamento interno, com 65% das obras executadas. Com R$ 110.917.771,80 de um total de R$ 172.790.204,26 do orçamento já executado (64%), ele tem previsão de entrega ainda neste semestre.

O quarto hospital, o Hospital Municipal Alexandre Zaio, está em fase de licenciamento e licitação. Tem apenas 22% de seu andamento concluído.


Ainda no que diz respeito à saúde, Marta disse que a atual administração de São Paulo deixou:

“Duas UPAs pela metade” 

FALSO

A administração de Fernando Haddad tinha como meta “reformar e melhorar 20 prontos socorros e implantar 5 novas UPAs”. Segundo o site de monitoramento de metas da prefeitura, três UPAs estão prontas e foram entregues.

A Lupa também verificou junto ao Ministério da Saúde que atualmente há 33 Unidades de Pronto Atendimento – UPA 24 horas – sendo financiadas no município de São Paulo, o que resultará em um investimento total de R$ 98,8 milhões. Dessas UPAs, 12 estão em construção, e o restante, em “ação preparatória”. Ou seja, não há duas pela metade, como afirmou a candidata. Há mais.


Marta Suplicy, que também é senadora por São Paulo, falou sobre sua votação no processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff:

“Eu votei pela perda de direitos políticos”

VERDADEIRO

A Lupa foi ao site do Senado para verificar o resultado da votação que cassou o mandato da ex-presidente Dilma Rousseff e da que manteve os direitos políticos dela para exercer cargos públicos. A senadora e candidata Marta Suplicy votou “sim” em ambas. Marta se posicionou de forma contrária a Dilma duas vezes. Votou pelo impeachment e também pela perda dos direitos, como afirmou na sabatina da CBN.

(Com Marina Estarque e Raul Galhardi)

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo