A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Gabriela Gonçalves/CBN
Foto: Gabriela Gonçalves/CBN

Ricardo Young disse ser contra Operação Braços Abertos. Sempre foi assim?

Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
08.set.2016 | 13h00 |

Na manhã desta quinta-feira (5), o candidato da Rede Sustentabilidade à Prefeitura de São Paulo, Ricardo Young, foi sabatinado pela CBN SP. A equipe de jornalistas da Lupa acompanhou a entrevista, verificando o grau de veracidade das afirmações dele. Veja o resultado do trabalho – que também foi divulgado na CBN – logo abaixo.

Ao ser questionado sobre sua posição em relação ao Programa Braços Abertos, destinado a atender a dependentes de crack e moradores de rua da região da Luz, o candidato do Rede foi taxativo. Disse:

“Sou contra [o programa Braços Abertos]”

CONTRADITÓRIO

Lupa localizou declarações públicas do candidato se mostrando a favor do programa. A primeira delas está em seu próprio site. Na página, o vereador e candidato da Rede elogia a iniciativa e escreve a seguinte frase:

“Percebi, com alegria, que a Operação Braços Abertos está sendo percebida pelos usuários, dependentes e residentes daquela região como uma boa iniciativa”. 

Também localizamos registros de um debate feito na Câmara, em 2014, em que Ricardo Young defende a prorrogação do programa. Ao falar do projeto, ele disse que “uma sociopatia como a da pobreza e da droga não se resolve a curto prazo”.

Atualização às 13h29: O candidato enviou nota à Lupa informando que sua posição mudou pois “a operação mostrou diversos equívocos e baixo rendimento para altos gastos com pouca transparência”. Confira a nota aqui.

Atualização às 19h16: O candidato publicou um vídeo em que busca esclarecer sua posição, diz que as declarações destacadas nesta checagem são antigas. “Depois que o programa (Braços Abertos) foi implementado, vi que era preciso uma outra solução”. Assista aqui.


O candidato da Rede Sustentabilidade comentou as políticas para o empreendedorismo da atual gestão e afirmou:

“SP Negócios foi criada e não criou oportunidades para o empreendedorismo”.

FALSO

A agência, criada em 2013, tem como objetivo promover o investimento na capital e estruturar e articular as PPPs (Parcerias público-privadas) e concessões na cidade.  A Lupa procurou a  SP Negócios para saber sobre suas atividades.

A SP negócios listou entre suas atividades nove ações. Entre elas, por exemplo, SP Stars – Programa de Mentoria para Startups, a São Paulo Tech Week e a Zona Azul Digital. Para ter acesso à lista completa, veja a nota da agência na íntegra aqui e aqui.


Quando questionado sobre alguns de seus projetos, Young defendeu a participação popular:

“[Em São Paulo, temos] Uma média de 300 mil habitantes por subprefeitura”

VERDADEIRO, MAS

Segundo estimativa do IBGE, a cidade de São Paulo tinha, em 2015, cerca de 12 milhões de habitantes. Considerando que há 32 subprefeituras no município, a média de pessoas cobertas por cada subprefeitura é de 375 mil. Ricardo Young chegou perto. A Lupa aplica um “verdadeiro, mas”, só para divulgar o número exato, que é ainda maior do que o citado pelo vereador.


O candidato da Rede também falou sobre meio ambiente e citou o grupo que reúne as cidades dispostas a debater propostas e ideias para combater as mudanças climáticas

“A C-40 é uma organização que une mais de 64 cidades no mundo inteiro”

VERDADEIRO, MAS

O C-40 existe desde 2005 e realmente conecta mais de 64 municípios. São, na verdade, 86 cidades afiliadas, segundo seu site. O objetivo do C-40 é partilhar soluções para diminuir emissões de gases em ambientes urbanos e melhorar a vida dos cidadãos. São Paulo integra o C-40. Veja aqui sua ficha.

(Com Marina Estarque e Raul Galhardi)

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo