A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Projeto First Draft, do qual a Lupa faz parte, anuncia suas metas para 2017

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
16.jan.2017 | 10h00 |

A iniciativa First Draft News, da qual fazem parte a Agência Lupa, o Twitter, o Facebook, o Youtube, o Google e mais de 40 plataformas digitais de jornalismo e checagem, acaba de anunciar seus planos para 2017.

Criado em setembro para servir de foco para o estudo e o combate das notícias falsas, o grupo pretende chegar às eleições presidenciais da França – marcadas para acontecer em abril – já tendo colocando em prática algumas das metas do ano. Entre elas estão a criação de um grupo de produção de conhecimento relacionado à verificação de notícias e à credibilidade na internet; a criação de um currículo básico de treinamento para uso em redações e universidades; e o lançamento de três linhas de pesquisa em torno do consumo de notícias falsas.

A proposta foi apresentada publicamente na semana passada por Claire Wardle, uma das líderes do projeto, e conta com o apoio de veículos de grande porte como o New York Times, o Washington Post e o Guardian; de plataformas de checagem como o Politifact e o Les Décodeurs, além de agências de notícias como a Associated Press e a Bloomberg. O Brasil é representado pela Lupa.

Confira abaixo a tradução do post sobre as metas de 2017:

FIRST DRAFT SE PREPARA PARA UM GRANDE ANO COM APOIO DE 40 NOVOS PARCEIROS

Por Claire Wardle

Em setembro, o First Draft lançou uma parceria global com redações, checadores, organizações de direitos humanos e plataformas tecnológicas. O objetivo? Estudar formas de melhorar a maneira como a informação difundida online é relatada, verificada, transmitida e consumida.

Na época do nosso lançamento, dilemas sobre confiança e verdade no noticiário eram uma preocupação crescente, mas nem nós poderíamos prever a rápida escalada que o debate teria e como ele dominaria as manchetes do setor nas últimas semanas. Este sentido de urgência para enfrentar os desafios reafirmou nosso foco e confirmou que trabalhar em conjunto nunca foi tão importante. Nos últimos meses, nossa rede dobrou de tamanho e estamos muito satisfeitos em receber novos membros, incluindo Associated Press, ABC News, BBC News, Banjo, Bloomberg, Dataminr, Deutsche Presse-Agentur, Guardian, NBC, Rappler, Reuters, Sky News, Trinity Mirror e Zeit Online. Nos próximos meses, vamos nos debruçar sobre nossa rede de parceiros internacionais que podem contribuir com conhecimentos específicos e experiência para que possamos enfrentar coletivamente os desafios. Veja aqui a lista completa de parceiros.

O objetivo da rede é reunir conhecimento e metodologias, buscar possíveis soluções, colocá-las em prática e compartilhar aprendizagens e recomendações. Recentemente, organizamos três reuniões para ouvir de nossos parceiros o que priorizar e como eles poderiam contribuir ativamente. Estas reuniões resultaram numa lista de pontos de atuação para 2017, divididos em três categorias: colaboração, formação e pesquisa.

Colaboração

Estabelecer uma redação do First Draft

Para ser lançada no início deste ano, a First Draft Newsroom será uma comunidade de verificação virtual hospedada na plataforma Check. Os usuários membros da rede trabalharão em conjunto para investigar as origens e a autenticidade de imagens, fotografias, vídeos ou falas que tiverem sido contestadas. Os resultados deste trabalho serão transmitidos ao público através dos parceiros participantes e também estarão disponíveis para outras organizações e indivíduos interessados.

Facilitar a troca de conhecimento

Organizaremos encontros em todo o mundo para conectar uma ampla e diversa gama de pessoas interessadas em compartilhar suas experiências e ideias relacionadas ao ecossistema da informação digital. Entre elas, estão tecnólogos, jornalistas, acadêmicos, especialistas, bibliotecários, formadores de políticas públicas e membros interessados do grande público. Nossa reunião contará com representantes de comunidades minoritárias e indivíduos que foram diretamente afetados por campanhas de desinformação em nível local e nacional.

Desenvolver melhores práticas na indústria

Em todas as nossas reuniões, dois principais desafios surgiram como foco para 2017: (i) conceber elementos visuais consistentes em torno da verificação e (ii) trabalhar em maneiras de minimizar o impacto negativo nas pessoas envolvidas em notícias, como forma de proteger seus direitos e sua segurança. O First Draft coordenará esforços nestas áreas e relatará o progresso em firstdraftnews.com.

Formação

Lançar um currículo de 15 semanas

Esta compilação curricular está em construção há vários meses e inclui vídeos, recursos interativos, materiais didáticos e listas de leitura. Ele foi projetado para ser usado em redações e universidades, e é estruturado em torno de três habilidades:

– Descobrir informações relevantes e conteúdo na internet

– Verificar informações e conteúdos obtidos da internet

– Entender como relatar ou compartilhar este material legal e eticamente

Lançamento de uma Corporação de Treinamento para Verificação

Para chegar a jornalistas e pesquisadores de todo o mundo, o First Draft vai lançar um Corpo de Treinamento para Verificação, uma rede global de membros do First Draft licenciados que usarão materiais padronizados e aprovados para oferecer workshops, seminários e treinamentos. Publicaremos uma descrição completa e os requisitos exigidos aos candidatos que queiram se tornar um membro licenciado do First Draft nos próximos meses.

Pesquisa

Papers

O First Draft contratará pesquisadores para cuidar de três projetos nos próximos seis meses. O foco deles será:

– Mapeamento do ecossistema de desinformação

– Compreensão dos comportamentos da audiência em torno da avaliação da credibilidade do conteúdo

– Criação de uma lista de leitura acessível explicando o que já se sabe sobre este tema em diferentes disciplinas, incluindo psicologia social, comunicação, antropologia e ciência da computação.

Também continuaremos com a série First Draft Guides.

E finalmente…

Em abril de 2017, as eleições francesas vão proporcionar um momento perfeito de estudo que permitirá o First Draft combinar treinamento, pesquisa e colaboração. Parceiros na Europa já estão trabalhando em maneiras de colaborar em torno da verificação em tempo real de artigos, imagens e vídeos, e o First Draft vai desempenhar um papel na formação de jornalistas, estudantes e voluntários. Além disso, um dos nossos membros fundadores, o Bellingcat, utilizará as técnicas de investigação desenvolvidas durante seu trabalho sobre os conflitos na Ucrânia e na Síria e na queda do voo MH17, para examinar as redes e mapear trollings, notícias falsas e outras tentativas de influenciar a eleição por atores externos.

As experiências serão realizadas usando diferentes métodos para a comunicação dos checadores que coletarão provas de técnicas eficazes que poderão ser compartilhadas mais amplamente com a indústria. Esperamos que as lições do projeto forneçam uma estrutura para outros projetos de monitoramento de eleições em todo o mundo.

Para apoiar o interesse global nestas questões, recentemente lançamos versões de firstdraftnews.com em quatro idiomas: árabe, francês, alemão e espanhol. Traduzimos nossos posts de melhor desempenho e estaremos adicionando um novo artigo ou recurso por mês em cada idioma.

Nós recebemos incrível apoio e interesse em nosso trabalho desde o lançamento da rede de parceiros em setembro e ainda estamos trabalhando a melhor forma de envolver todas as organizações e indivíduos que tenham manifestado o desejo de participar.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo