A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

‘Verificação de fatos’: links da Lupa ganham selo no Google Notícias

por Equipe Lupa
15.fev.2017 | 15h41 |

A partir desta quarta-feira (15), os links com reportagens da Agência Lupa terão ainda mais destaque no Google Notícias. O portal que reúne publicações feitas por todos os veículos de comunicação do mundo lançou hoje na América Latina o selo “verificação de fatos”. A etiqueta identificará visualmente todas as URLs que forem geradas pela Lupa e por outras cinco plataformas de fact-checking do continente.

Até agora, o selo de verificação só estava ativo nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e França. A chegada dele ao Brasil, Argentina e México tem a ver com o “entusiamo” da empresa em acompanhar e apoiar o crescimento do fact-checking na região.

No comunicado oficial do lançamento, o vice-presidente de Notícias do Google, Richard Gingras, afirmou que, com a versão em português e espanhol do selo, o grupo pretende “destacar a relevância deste trabalho (de checagem) na importante missão de separar os fatos da ficção”.

Para Cristina Tardáguila, diretora da Lupa, a partir de agora, será mais fácil para o leitor saber onde encontrar informações precisas. “É a tecnologia a favor da informação apurada de forma muito cuidadosa. É algo que precisamos comemorar”.

Veja abaixo um exemplo de como a etiqueta “verificação de fatos” aparecerá no seu Google Notícias e, aqui, a íntegra do comunicado oficial.

Versão desktop:

Google Notícias e Lupa

Versão mobile:

Google Notícias e Lupa 2

Leia outras checagens do mês / Home

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo