A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

No TSE: Edivaldo prometeu BRT em São Luís, mas obra nem começou

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
05.jan.2018 | 12h00 |

Reeleito prefeito de São Luís em 2º turno com 53,94% dos votos válidos, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) tomou posse na sede da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) em 1º de janeiro de 2017. Ainda como candidato, ele registrou seu plano de governo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Um ano depois da renovação do mandato, a Lupa voltou a esse documento para ver se as promessas feitas já saíram do papel. Veja o resultado:

“Desenvolver o Novo Corredor de Transportes Urbanos – BRT – Centro – Cohab”
Edivaldo Holanda Júnior, prefeito de São Luís (MA), na página 5 do plano de governo registrado no TSE em 2016

RECORTES-POSTS-DE-OLHO

Em janeiro de 2017, a Secretaria de Projetos Especiais da prefeitura de São Luís requereu à Secretaria de Meio Ambiente a licença prévia para a execução da primeira etapa da construção do novo corredor para o sistema de Bus Rapid Transportation (BRT).

Caso se concretize, a linha ligará o Centro ao bairro Cohab, que concentra uma das regiões mais populosas da capital. A primeira fase consiste na readequação de 15,3 quilômetros de avenidas já existentes para abrigar uma faixa exclusiva para ônibus.

A lei orçamentária da capital maranhense, publicada em 30 de dezembro de 2016, previu R$ 30.483.593,75 para as obras do BRT em 2017, mas nada foi feito até dezembro de 2017.

Procurado, Edivaldo Holanda Júnior não retornou.


“Disponibilizar internet gratuita nas praças requalificadas”
Edivaldo Holanda Júnior, prefeito de São Luís (MA), na página 5 do plano de governo registrado no TSE em 2016RECORTES-POSTS-DE-OLHOApenas uma praça de São Luís tem acesso gratuito à internet sob gestão da prefeitura. O ponto de conexão foi instalado na Praça Deodoro, no Centro da cidade, e tem capacidade para 1,2 mil usuários conectados ao mesmo tempo. O serviço é uma parceria entre a prefeitura e a Secretaria de Ciência e Tecnologia do governo do Estado, que comanda o programa Cidadania Digital e cuida de outras seis praças da cidade que têm internet disponível.

Mas a praça Deodoro ainda não concluiu o processo de requalificação. As obras de melhoria começaram em dezembro de 2017. Ao todo, 19 praças foram reformadas em São Luís ao longo do primeiro mandato de Edivaldo Holanda Júnior.

Procurado, Edivaldo Holanda Júnior não retornou.


“Elaborar e executar um Programa de Habitação para o Centro Histórico de São Luís que garanta recursos para a reabilitação de prédios históricos com a finalidade de moradia de servidores municipais e alojamentos para estudantes universitários”
Edivaldo Holanda Júnior, prefeito de São Luís (MA), na página 10 do plano de governo registrado no TSE em 2016RECORTES-POSTS-DE-OLHONão há registro de um programa específico para adequar casarões históricos para habitação no Centro de São Luís. Mas, em 2012, a prefeitura contraiu um empréstimo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o Programa de Revitalização do Centro Histórico, que prevê a execução de obras de recuperação de áreas sócio-culturais, comerciais e de “melhorias habitacionais” – ainda que não detalhe as obras que serão feitas.

A prefeitura e o BID se comprometeram em investir mais de US$ 13,5 milhões (cerca de R$ 45 milhões) cada um no programa. Mas, para que as melhorias previstas sejam executadas, é necessário o aval do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), já que as construções do Centro Histórico que integram o programa são tombadas. Por telefone, a superintendência regional do instituto no Maranhão disse que não recebeu nenhuma proposta da prefeitura sobre habitação na região.

Procurado, Edivaldo Holanda Júnior não retornou.

*Aline Louise sob a supervisão de Natália Leal.

Leia outras checagens de ‘Cidades’ / Outras publicadas neste mês / Volte à home

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo