A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Maceió: Cícero Almeida se contradiz ao falar sobre a infraestrutura da cidade

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
28.out.2020 | 10h00 |

Cícero Almeida (DC) está em quarto lugar na pesquisa de intenção de votos realizada pelo Ibope para as eleições municipais de Maceió, divulgada em 23 de outubro. O candidato está na disputa pelo terceiro mandato para prefeito do município. Ele foi chefe do Poder Executivo entre 2005 e 2008, primeiro mandato, e entre 2009 e 2012, segundo mandato. Sua campanha é formada por discursos que mostram seus feitos enquanto prefeito e criticam a atual gestão. A Lupa analisou algumas de suas falas. A checagem faz parte do projeto Democracia Digital, no qual jornalistas de todas as capitais do Brasil verificam discursos dos quatro candidatos melhores colocados nas pesquisas de intenção de voto em 2020.

JHC (PSB) e Alfredo Gaspar (MDB) — segundo e primeiro em intenção de votos— também tiveram falas checadas e o resultado será divulgado nos dias 02 e 04 de novembro, respectivamente. Davi Davino Filho (PP), terceiro colocado na pesquisa do Ibope, teve suas falas avaliadas e divulgadas no dia 26 de outubro.

Confira o grau de veracidade do que disse Cícero Almeida:

“Fiz o primeiro aterro sanitário do Nordeste”
Cícero Almeida (DC), candidato a prefeito de Maceió, em sabatina promovida pela TV Mar, em 22 de outubro de 2020

FALSO

De acordo com o relatório anual da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) (pág. 83) em 2004, já havia um aterro sanitário em Natal (RN). Almeida assumiu a prefeitura de Maceió apenas em 2005, portanto, é incorreto dizer que tenha feito o primeiro aterro sanitário do Nordeste.

Procurado, o candidato, por áudio no WhatsApp, disse: “a informação que eu tenho é que o primeiro do Nordeste, aterro sanitário, do porte que nós fizemos, foi feito por nós. Isso para a gente é o que importa.”


“Se você andar pela periferia de Maceió (…) só vai encontrar, apenas, o que eu fiz na minha gestão durante oito anos”
Cícero Almeida (DC), candidato a prefeito de Maceió, em sabatina promovida pela TV Mar, em 22 de outubro de 2020

CONTRADITÓRIO

Segundo o candidato, após sua passagem pela prefeitura, nenhuma outra obra foi realizada no município. Porém, o próprio candidato se contradiz ao continuar sua fala, aos 21 minutos da entrevista: “eu vi algumas coisas [mudanças] no conjunto Graciliano Ramos e fiquei feliz”. Além disso, ao acompanhar o portal da transparência municipal e as atualizações do Diário Oficial de Maceió é possível observar investimentos em obras de pavimentação, construção e manutenção de creches, praças e quadras nas regiões mencionadas por Almeida.

Procurado, o candidato explicou, por áudio no WhatsApp: “eu não deixei de reconhecer, ao passar pelo Graciliano, o que foi feito. Agora, isso é questão de reconhecimento”.


“Quem mais valorizou o artista da terra durante oito anos foi Cícero Almeida [referente ao seu mandato como prefeito de Maceió]”
Cícero Almeida (DC), candidato a prefeito de Maceió, em publicação no seu perfil do Instagram em 19 de outubro de 2020

INSUSTENTÁVEL

O candidato à prefeitura de Maceió diz ter sido o chefe do Pode Executivo municipal que mais incentivou a cultura alagoana e completa “eu lamento o que fizeram com vocês durante esses oito anos”, em referência ao mandato de Rui Palmeira (sem partido), atual prefeito da cidade. No entanto, o Plano Plurianual (PPA) de Almeida para o quadriênio 2010/2013, sancionado em 21 de dezembro de 2009, não destacava a cultura. Entre os 16 parágrafos que compunham os objetivos estratégicos da Lei nº 5.868, só um abordava o desenvolvimento cultural.

O atual prefeito de Maceió, no seu PPA sancionado em 11 de dezembro de 2017, também não dá destaque para a cultura no município. O documento dividido em quatro eixos de atuação aborda apenas uma vez a área de cultura. O objetivo aparece no eixo referente ao desenvolvimento econômico.

Procurado, Almeida respondeu por áudio no WhatsApp “tu faz uma enquete com os artistas que você vai saber quem valorizou os artistas da terra durante oito anos. (…) Eu resgatei a cultura, trouxe esses artistas para o campo de  trabalho”.


“Esse grande ginásio [Arivaldo Maia] que foi um presente que nós demos à população do Jacintinho durante o período que eu fui prefeito”
Cícero Almeida (DC), candidato a prefeito de Maceió, em publicação no seu perfil do Instagram, em 16 de outubro de 2020

VERDADEIRO

O Ginásio Poliesportivo Radialista Arivaldo Gaia Maia foi construído durante a segunda gestão do candidato e foi inaugurado em 30 de julho de 2009. A obra, localizada no bairro do Jacintinho, fez parte do Programa Jovem Campeão.

Nota da redação: O projeto Democracia Digital é uma iniciativa da Lupa, do Instituto de Tecnologia & Equidade (IT&E) e do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, com apoio do WhastApp e dos Tribunais Regionais Eleitorais de todo o Brasil. As checagens produzidas são distribuídas gratuitamente a rádios universitárias do país, com apoio do Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP). 

Editado por: Marcela Duarte e Natália Leal

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo