A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que número de mortes no Brasil foi menor em 2020 do que em 2019

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
06.jan.2021 | 14h32 |

Circula pelo WhatsApp um vídeo que compara os números de mortes no Brasil nos últimos quatro anos, indicando que houve mais mortes em 2019 do que em 2020, durante a pandemia da Covid-19. O vídeo afirma que os dados foram retirados do Portal da Transparência do Registro Civil. Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:

“No ano 2017. Morreram 1.024.668 brasileiros. No ano 2018 morreram 1.175.459 brasileiros. No ano 2019 morreram 1.240.551 brasileiros. No ano 2020 morreram 817.565. (…) Mesmo com a Covid-19 o número de mortes em 2020 é menor do que em 2019! Não acredita? Acesse o site www.transparência.registrocivil.org.br”

Texto em vídeo compartilhado no Whatsapp

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O número de mortes registradas no Brasil em 2020 foi maior do que em 2019, segundo dados do próprio Portal da Transparência do Registro Civil

O site indica que, em 2020, 1.441.326 registros de óbitos foram emitidos nos cartórios brasileiros. Em 2019, esse número foi menor: 1.259.146 registros. Os dados foram consultados no dia 6 de janeiro de 2021. 

Os valores de 2017 e 2018 mencionados no vídeo também estão incorretos. O Portal da Transparência do Registro Civil mostra que houve 1.052.147 registros em 2017 e 1.193.453 em 2018. 

Como explicado pela Lupa ainda em 2020, é preciso cuidado ao analisar os dados do Portal da Transparência do Registro Civil, pois a atualização desses números depende de prazos legais. Por isso, dados filtrados em dias diferentes podem resultar em números diferentes, o que causa confusão e desinformação.

Segundo o Portal da Transparência, a família da vítima tem até 24 horas após o óbito para registrar a ocorrência em um cartório, que , por sua vez, tem até cinco dias para efetuar o registro e, depois, mais oito dias para enviar as informações à Central Nacional de Informações do Registro Civil. Essa central é a responsável por atualizar o portal, inserindo informações de maneira retroativa. 

A Lupa verificou boatos semelhantes a esse diversas vezes ao longo de 2020 (veja exemplos aqui, aqui, aqui, aqui e aqui). 

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo