questões da literatura

Cenas de leitura

As memórias do argentino Ricardo Piglia reafirmam sua crença de que o universo se mantém apenas porque continuamos a contar histórias

Pedro Meira Monteiro
“A história já está no real, e é preciso poder reconstruí-la e narrá-la como se não a estivéssemos inventando, como se fosse verdadeira”, escreveu Piglia
“A história já está no real, e é preciso poder reconstruí-la e narrá-la como se não a estivéssemos inventando, como se fosse verdadeira”, escreveu Piglia FOTO: MARIANA ELIANO

A leitura é um tema que atravessa a vida e a obra de Ricardo Piglia. Onde estamos e quem somos quando lemos? São perguntas que retornam em seu último livro, Los Diarios de Emilio Renzi: Años de Formación, que acaba de ser lançado pela editora Anagrama, de Barcelona.

Emilio Renzi é a composição dos nomes do escritor (Ricardo Emilio Piglia Renzi). Duplo ficcional do autor, ele já aparecera em vários de seus romances. Observador agudo e um tanto solitário, Renzi tem prazer em descrever, jamais em intervir. A sugestão é clara: se queremos entender algo, convém ajustar o foco e observar o que veem aqueles que se posicionam no fundo da cena. O centro do palco é chato, previsível. A literatura, contudo, reconstrói o mundo a partir de cantos estranhos e becos sem saída.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Pedro Meira Monteiro

Pedro Meira Monteiro é professor de literatura brasileira em Princeton

Leia também

Últimas Mais Lidas

Um estudante contra o presidente

Garoto de 20 anos fala na cara de Daniel Ortega que ele é o responsável por 58 mortos na repressão aos protestos na Nicarágua e discurso viraliza. À piauí, o estudante se diz ameaçado

A Batalha de Argel, Um Filme Dentro da História – interessante e excessivo

Realização tardia e bem-sucedida do neorrealismo parece um documentário, mas é encenado do primeiro ao último plano

Foro de Teresina #1: justiçamento, abraço de gambá e túnel do tempo

Confira a estreia do podcast de política da rádio piauí com Fernando de Barros e Silva, Malu Gaspar e José Roberto de Toledo. A partir de hoje, o Foro vai ao ar toda quinta-feira, às 17h

O racismo como razão de voto

Um roteiro para entender a pesquisa mais reveladora feita sobre a eleição de Trump – e o que ela diz sobre o pleito no Brasil em 2018

Com candidato preso, PT deixa de aparecer para 400 mil eleitores na tevê e internet

Partido já perdeu mais de quatro horas de exposição em debates e entrevistas na televisão aberta desde a prisão de Lula

Vem aí a rádio piauí

Plataforma estreia nesta quinta-feira, 17 de maio, com o podcast de política Foro de Teresina. Confira nosso guia para ouvir os episódios em casa ou na rua

Saiba como foi cada mesa da Maratona Piauí Serrapilheira

Vida, vulcões, clima, água e gestão da ciência: cinco grandes cientistas falaram sobre suas áreas de pesquisa

AO VIVO: assista à Maratona Piauí Serrapilheira

Evento reúne grandes cientistas para falar sobre o futuro próximo da ciência brasileira

De Sanctis, de proscrito a guru

Depois de sete anos na geladeira, o juiz Fausto De Sanctis está de volta à área criminal – e é procurado para conselhos por colegas como Bretas

Saiba como acompanhar a Maratona

Haverá cobertura e transmissão ao vivo pela internet

Mais textos