Viana é o organizador do próximo Congresso Internacional de Matemáticos, que pela primeira vez se realizará no hemisfério Sul. "Vai acontecer no Rio, mesmo que o país colapse."
Ver dados da foto Viana é o organizador do próximo Congresso Internacional de Matemáticos, que pela primeira vez se realizará no hemisfério Sul. "Vai acontecer no Rio, mesmo que o país colapse." FOTO: DARYAN DORNELLES_2016

O calculista

A estratégia de Marcelo Viana para fazer o Brasil ser reconhecido como parte da elite da matemática
Rafael Cariello
Tamanho da letra
A- A+ A
Viana é o organizador do próximo Congresso Internacional de Matemáticos, que pela primeira vez se realizará no hemisfério Sul. "Vai acontecer no Rio, mesmo que o país colapse." FOTO: DARYAN DORNELLES_2016

Exclusivo para assinantes. Leia a matéria na revista impressa ou faça login para acessar nosso acervo completo.

No começo de junho, em virtude do reconhecimento internacional ao seu trabalho acadêmico e da conquista de mais um prêmio – dessa vez concedido por uma importante instituição científica da França –, o carioca Marcelo Viana se tornou, se não o primeiro, o segundo mais famoso matemático do país.

Viana tem 54 anos e aparência jovial. O cabelo volumoso, partido de lado, com fios compridos caídos sobre a testa, lhe dá um ar de surfista dos anos 80, de esportista que está envelhecendo bem. Da noite para o dia, quando foi anunciado que receberia o prêmio da Fundação Louis D., em Paris, passou a ser quase tão conhecido no Brasil, entre os leigos que não costumam pular as notícias científicas nos jornais, quanto o seu colega e coautor Artur Avila, vencedor em 2014 da medalha Fields.

SÓ PARA ASSINANTES.

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site, inclusive imagens, logotipos, fotografias e podcasts, são de propriedade da revista piauí ou de seu criador original. A reprodução, adaptação, modificação ou utilização do conteúdo aqui disponibilizado, parcial ou integralmente, é expressamente proibida sem a permissão prévia da revista ou do titular dos direitos autorais.

ASSINANTE PIAUÍ

Use o mesmo e-mail e senha cadastrados no site da Ed. Abril no ato da assinatura. Esqueceu a senha ou o e-mail ?