questões linguísticas

O contrário da memória

Vida, morte e vida da língua geral

Branca Vianna
Até 1870, a língua geral, ou nheengatu, foi dominante no Amazonas ─ índios, mestiços, brancos, negros, todos a falavam. Apagou-se a língua e apagou-se também a memória da língua
Até 1870, a língua geral, ou nheengatu, foi dominante no Amazonas ─ índios, mestiços, brancos, negros, todos a falavam. Apagou-se a língua e apagou-se também a memória da língua ILUSTRAÇÃO: CAIO BORGES_ESTÚDIOONZE_BASEADO EM THE GOSSIPS_NORMAN ROCKWELL_1948

São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas, fica a 858 quilômetros da capital do estado – são quatro dias de barco ou duas horas e meia de bimotor. É uma das cidades mais ao norte do país, na divisa com Venezuela e Colômbia. É tão perto da fronteira – doze horas de barco, distância que em dimensões amazônicas equivale a um pulinho – que os rebeldes das Farc, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, descem o rio para fazer compras na cidade. Quando há um cessar-fogo entre governo e guerrilheiros, o comércio local, que já não é dos mais pujantes, sente o baque.

O município ganhou fama em 2002 por ter oficializado três línguas indígenas, além do português. Disso se depreende que deveria haver funcionários falantes de tukano, baniwa e nheengatu nas escolas e repartições públicas, no batalhão do Exército, nos hospitais, no Banco do Brasil, na casa lotérica que faz as vezes de agência da Caixa Econômica e no fórum de Justiça.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Branca Vianna

Branca Vianna é linguista, intérprete e professora da PUC-RJ.

Leia também

Últimas Mais Lidas

A sua melhor tradução

Um glossário para entender a fala dos morros cariocas, segundo a prosa do escritor Geovani Martins

O Processo – observação em crise

Como todo observador intransigente, diretora Maria Augusta mais constata do que revela no documentário sobre o impeachment de Rousseff

Lula pode estar na cadeia e na urna ao mesmo tempo?

A rara combinação de chances que permitiria uma candidatura do ex-presidente conduzida de dentro da prisão

Febre cede, mas epidemia ainda mata

Desinformação e corte de verbas sustentam mortes por febre amarela; busca pela doença no Google cai 80%

Incomum, decisão pró-Bretas envolveu falha judiciária

Ao menos 19 juízes não conseguiram da Justiça duplo auxílio-moradia; AGU levou 29 meses para recorrer de sentença a favor de Bretas

A Melhor Escolha – jornada para redimir o passado

Filme de Richard Linklater tenta repetir fórmula de outros longas do cineasta, mas falha do ponto de vista comercial e artístico

Rabino pede desculpas por participar de ato ecumênico no ABC

Em vídeo, Alexandre Leone disse que participação em evento inter-religioso em favor de Lula foi “desacertada”

Intervenção no Rio cancela missão militar do Brasil na África

Governo Temer havia se comprometido a enviar 1 mil soldados à República Centro-Africana, mas desistiu

O dia em que a história não aconteceu

A sexta-feira se anunciava como o dia em que Lula seria preso, faria um discurso histórico ou fugiria: no fim, nem recorde de curiosidade bateu

Noite em claro no sindicato

Melancolia e euforia durante a vigília nos Metalúrgicos do ABC contra prisão de Lula

Mais textos