vultos da República

O improvável

Rodrigo Maia flerta com a Presidência da República

Julia Duailibi e Malu Gaspar
“Ninguém ouviu da minha boca que não era para ajudar o Michel. Mas não posso rechaçar elogios. Se o cara me diz ‘você é a solução para o Brasil’, não posso dizer ‘para com isso, sou ruim’’’
“Ninguém ouviu da minha boca que não era para ajudar o Michel. Mas não posso rechaçar elogios. Se o cara me diz ‘você é a solução para o Brasil’, não posso dizer ‘para com isso, sou ruim’’’ FOTO: KAZUO OKUBO_2017

Os gritos de “Fora, Temer” ressoavam pelo plenário, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, do Democratas do Rio de Janeiro, tentava colocar alguma ordem na sessão, sem sucesso. “No microfone, não”, advertiu a um dos parlamentares da oposição que bradava palavras de ordem contra o presidente da República no sistema de alto-falante da casa. A confusão era uma resposta à notícia publicada por O Globo, minutos antes. Às sete e meia da noite daquela quarta-feira, 17 de maio, o jornal divulgara que o empresário Joesley Batista, dono do Grupo JBS, a maior processadora de carnes do mundo, aderira à delação premiada e gravara Temer, no porão do Palácio do Jaburu, dando um suposto aval para a compra do silêncio de Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara, que está preso em Curitiba.

Com a expressão um tanto alarmada, Maia lia e relia a bomba pelo celular, enquanto tentava dar continuidade à votação de medidas provisórias que compunham a pauta do dia. A oposição, no entanto, já cobrava a abertura de um processo de impeachment contra o presidente. “Fora, Temer!”, insistiam os opositores, em coro, acompanhados de um apito. Da mesa diretora, 2 metros acima dos demais parlamentares, Maia tinha o cenho franzido, os olhos assustados e começava a suar na testa. “Calma, calma”, pedia aos deputados, enfatizando o apelo com as mãos. Sob a mesa, suas pernas balançavam frenéticas, um tique nervoso que fazia tremelicar o imponente encosto da cadeira de presidente da Câmara.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Julia Duailibi

Julia Duailibi trabalhou na piauí, na TV Bandeirantes, na Folha de S.Paulo, na Veja e n’O Estado de S. Paulo

Malu Gaspar

Malu Gaspar, repórter da piauí, é autora do livro Tudo ou Nada: Eike Batista e a Verdadeira História do Grupo X, da Editora Record

Leia também

Últimas Mais Lidas

Médicos de menos, as doenças de sempre

A história de quatro pacientes crônicos do sertão do Ceará que estão há um mês sem os tratamentos que precisam, após a saída dos profissionais cubanos do país

Foro de Teresina #31: O escândalo do motorista, o antiministro do Meio Ambiente e o barraco do PSL

O podcast da piauí analisa os fatos mais recentes da política nacional

Na Câmara, com o novo e o seminovo

Dois deputados em primeiro mandato – um novato autêntico e o herdeiro de seis gerações de parlamentares – contam sua preparação para sobreviver em Brasília

Bloqueio – caminhoneiros em greve

Incertezas retratadas no documentário são referência para entender as mudanças políticas no país

“Me fingi de morta e assim sobrevivi”

Sobrevivente da chacina da Catedral de Campinas reconstitui a cena da tragédia, protagonizada por um assassino de família católica praticante

Mulheres de “facção”

Sem emprego formal, costureiras trabalham até 14 horas por dia para intermediários da indústria da moda, as chamadas “facções”

Olavo interrompido

Guru do governo Bolsonaro tem participação na Cúpula Conservadora das Américas frustrada pelo meio que o fez famoso, a internet

Não é só pelos 6 centavos de euro

Quem são e o que pensam os “coletes amarelos” e como lideraram um movimento popular e populista que paralisa a França há três semanas

Expansionista, Guedes sofre sua primeira derrota

Futuro ministro da Economia incluiu Apex na estrutura da sua pasta, mas perdeu a agência de comércio após disputa com Itamaraty

A vingança do analógico

Precisamos reaprender a usar a internet

Mais textos
1

Os pequenos passos do astronauta Marcos Pontes

Em reunião com cientistas em Brasília, futuro ministro da Ciência e Tecnologia mostrou ainda não estar pronto para se despir do macacão de palestrante de autoajuda

2

Olavo interrompido

Guru do governo Bolsonaro tem participação na Cúpula Conservadora das Américas frustrada pelo meio que o fez famoso, a internet

3

Não é só pelos 6 centavos de euro

Quem são e o que pensam os “coletes amarelos” e como lideraram um movimento popular e populista que paralisa a França há três semanas

6

“Me fingi de morta e assim sobrevivi”

Sobrevivente da chacina da Catedral de Campinas reconstitui a cena da tragédia, protagonizada por um assassino de família católica praticante

7

Na Câmara, com o novo e o seminovo

Dois deputados em primeiro mandato – um novato autêntico e o herdeiro de seis gerações de parlamentares – contam sua preparação para sobreviver em Brasília

8

Rakudianai

A política, a prisão, o encontro com o crocodilo, o julgamento e meu pai: lembranças de quarenta anos atrás

9

Xô, esquerda!

Pastores da Universal agora livram os fiéis de possessões comunistas?

10

Expansionista, Guedes sofre sua primeira derrota

Futuro ministro da Economia incluiu Apex na estrutura da sua pasta, mas perdeu a agência de comércio após disputa com Itamaraty