anais do cinema

O massacre de maio

A estreia de Terra em Transe, há cinquenta anos

Eduardo Escorel
Em meio a um bombardeio de críticas, Hélio Pellegrino elogiou <i>Terra em Transe</i>: era a “honrada confissão do impasse” de um país onde as soluções de compromisso falharam
Em meio a um bombardeio de críticas, Hélio Pellegrino elogiou Terra em Transe: era a “honrada confissão do impasse” de um país onde as soluções de compromisso falharam FOTO: LUIZ CARLOS BARRETO_1967

“Hoje, às 20h30m, no Museu da Imagem e do Som, o debate sobre Terra em Transe. Os debatedores serão solicitados a deixar as armas na portaria.”

A nota sarcástica, publicada no Jornal do Brasil no dia 16 de maio de 1967, exprimia bem a polarização de opiniões provocada por Terra em Transe desde a estreia do filme, no dia 3, no Festival de Cannes. O antagonismo ganhara intensidade na segunda semana do mês, quando o terceiro longa-metragem de Glauber Rocha, na época com 28 anos, foi lançado em dez cinemas no Rio de Janeiro.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Eduardo Escorel

Eduardo Escorel, cineasta, diretor de Imagens do Estado Novo 1937-45

Leia também

Últimas Mais Lidas

Exclusão de perfil irregular no WhatsApp não bloqueia rede de desinformação

Mesmo que aplicativo suspenda contas com acesso indevido a bases de usuários, grupos que elas criaram continuam ativos

Eleição explode no YouTube após 1º turno

Volume de vídeos produzidos sobre Bolsonaro e Haddad em uma semana após a votação supera os três meses anteriores; Petista é maior alvo

Tempos assombrosos

O que assusta mais: o futuro político do país ou um ente sobrenatural?

Pelo porto de Santos, duas décadas de propinas

Relatório da Polícia Federal revela como Temer, um coronel aposentado, um arquiteto e um economista forjaram um esquema de desvios milionários que começou em 1995

Sergei Loznitsa – decadência e degradação onipresentes

A Rússia filmada pelo cineasta ucraniano mostra ao resto do mundo qual caminho não seguir

Deu no celular

Fim do lulismo, campanha via smartphone e a era da desinformação

No Brasil, passeata passa antes pela escola

Pesquisa da Pew Research mostra que 29% dos brasileiros mais escolarizados dizem participar de protestos, contra 8% dos que têm menos anos de estudo – a maior diferença entre 14 países

Ingressos à venda para o Festival Piauí GloboNews de Jornalismo

Estudantes e professores pagam meia-entrada, e assinantes da revista têm desconto

O candidato do colapso

Poder de Bolsonaro nasceu da devastação social e dela dependerá

E se o Brasil sair do Acordo de Paris?

O que Bolsonaro precisa fazer para abandonar o tratado climático, e como o recuo ameaça a parceria comercial bilionária com a União Europeia

Mais textos
1

A imprensa precisa fazer autocrítica

Foram anos tratando o inaceitável como controverso ou mesmo engraçado

2

Vivi na pele o que aprendi nos livros

Um encontro com o patrimonialismo brasileiro*

3

Os formadores da onda

SuperPop, comunismo e Lava Jato: sete eleitores de uma mesma família no Rio de Janeiro enumeram as razões por que votam em Bolsonaro

4

O candidato do colapso

Poder de Bolsonaro nasceu da devastação social e dela dependerá

5

O fiador

A trajetória e as polêmicas do economista Paulo Guedes, o ultraliberal que se casou por conveniência com Jair Bolsonaro

6

E se o Brasil sair do Acordo de Paris?

O que Bolsonaro precisa fazer para abandonar o tratado climático, e como o recuo ameaça a parceria comercial bilionária com a União Europeia

7

Medo por medo, dá Bolsonaro

Datafolha mostra que PT não projeta sonho mas continuísmo

8

Dois empresários paulistas contam por que estimulam Bolsonaro

Fundador da Tecnisa e dono de empresa de monitoramento de mídia marcam encontros entre pré-candidato e comunidade judaica de São Paulo. “Apoio quem seja contra a esquerda”, resume incorporador

9

Bolsonaro e a tirania da maioria

País que exige ficha limpa de políticos desdenha da ficha democrática

10

Bolsonarismo não é partido

Democracia brasileira depende de petismo e antipetismo se organizarem em siglas que se respeitem