questões ambientais

O mentor

Um exército de Brancaleone contra o desmatamento na Amazônia

Bernardo Esteves
Com dados inéditos sobre o desmatamento, Chris Uhl e os jovens cientistas treinados por ele deram rigor sem precedente ao ativismo brasileiro
Com dados inéditos sobre o desmatamento, Chris Uhl e os jovens cientistas treinados por ele deram rigor sem precedente ao ativismo brasileiro FOTO: BERNARDO ESTEVES

  English version

Em novembro de 2013, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira – a mais longeva do governo, com quase seis anos à frente da pasta –, reuniu a imprensa para anunciar a taxa anual de desmatamento na Amazônia. Depois de oito anos de queda praticamente ininterrupta, o número voltara a subir. O percentual de aumento foi expressivo – 28% –, mas a área devastada manteve-se inferior a 6 mil quilômetros quadrados, quase 80% abaixo da taxa registrada em 2004. “Desmatamento na Amazônia é o segundo menor da série histórica”, noticiou o site do Ministério.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí
Artigo de Paulo Barreto comentado por Chris Uhl. O professor anotava copiosamente os manuscritos dos alunos, que escreviam dezenas de versões de cada texto
Artigo de Paulo Barreto comentado por Chris Uhl. O professor anotava copiosamente os manuscritos dos alunos, que escreviam dezenas de versões de cada texto
Chris Uhl em Belém durante o período formativo do Imazon
Chris Uhl em Belém durante o período formativo do Imazon
Chris Uhl e Paulo Barreto, então um jovem engenheiro florestal recém-saído da universidade, no período inicial do Imazon
Chris Uhl e Paulo Barreto, então um jovem engenheiro florestal recém-saído da universidade, no período inicial do Imazon
Chris Uhl durante uma aula de ciências ambientais para centenas de alunos de humanidades. No começo deste século o americano abandonou a pesquisa para se dedicar integralmente ao ensino
Chris Uhl durante uma aula de ciências ambientais para centenas de alunos de humanidades. No começo deste século o americano abandonou a pesquisa para se dedicar integralmente ao ensino
Chris Uhl em seu gabinete em Penn State, a Universidade Estadual da Pensilvânia, em State College, nos Estados Unidos
Chris Uhl em seu gabinete em Penn State, a Universidade Estadual da Pensilvânia, em State College, nos Estados Unidos
Chris Uhl e Beto Veríssimo - mentor e discípulo - se reencontraram em State College em outubro de 2015 depois de 15 anos sem se ver
Chris Uhl e Beto Veríssimo - mentor e discípulo - se reencontraram em State College em outubro de 2015 depois de 15 anos sem se ver
Chris Uhl e Beto Veríssimo conversam durante caminhada por um bosque nos arredores de State College, na Pensilvânia
Chris Uhl e Beto Veríssimo conversam durante caminhada por um bosque nos arredores de State College, na Pensilvânia
Chris Uhl e Beto Veríssimo durante caminhada por um bosque nos arredores de State College
Chris Uhl e Beto Veríssimo durante caminhada por um bosque nos arredores de State College
Chris Uhl e sua mulher plantam quase tudo o que comem numa grande horta de 400 metros quadrados que têm no fundo de casa; cultivam tomates, pimentões, cebolas, abóboras, brócolis, beterrabas, cenouras e ervilhas, entre outros
Chris Uhl e sua mulher plantam quase tudo o que comem numa grande horta de 400 metros quadrados que têm no fundo de casa; cultivam tomates, pimentões, cebolas, abóboras, brócolis, beterrabas, cenouras e ervilhas, entre outros

Bernardo Esteves

Repórter da piauí desde 2010, é autor do livro Domingo é dia de ciência, da Azougue Editorial

Leia também

Últimas Mais Lidas

Vítimas de Mariana cobram R$ 25 bi de mineradora BHP na Inglaterra

Juiz deve decidir em junho se vai julgar o processo, o maior em número de vítimas da história do Reino Unido

Passarinho vira radar de poluição

Pesquisadores usam sangue de pardais para medir estrago de fumaça de carros e caminhões em seres vivos

Foro de Teresina #68: Censura na Bienal, segredos da Lava Jato e um retrato da violência brasileira

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Presos da Lava Jato unidos contra os ratos e o tédio

Condenados por crimes de colarinho-branco já caçaram roedores e fizeram faxina em complexo penal; transferidos para hospital penitenciário e sem ter o que fazer, gastam o tempo com dominó  

O maestro e sua orquestra – andamento lento e músicos desafinados

Governo se julga no direito de “filtrar” projetos incentivados com verba pública, mas filtrar é eufemismo para censurar

Quando a violência vem de quem deveria proteger

Quatro meninas são estupradas por hora, a maior parte dentro de casa, e 17 pessoas são mortas pela polícia por dia, revelam dados do Anuário de Segurança Pública

“Poderia ter sido eu a morrer ali no ponto de ônibus”

Como a morte espreita a juventude negra no Rio de Janeiro, estado com maior taxa de homicídios em ações policiais

Léros Léros em Itaipu

Brasil se recusa a pagar prejuízo de US$ 54 milhões; presença de suplente do PSL em reuniões binacionais aumenta crise e atrapalha renegociação para 2023

Traídas pela Renata

Deputada acusada de usar candidatas laranjas agora quer flexibilizar cotas eleitorais para mulheres; bancada feminina entra em guerra contra “lei da maridocracia”

Mais textos
1

Léros Léros em Itaipu

Brasil se recusa a pagar prejuízo de US$ 54 milhões; presença de suplente do PSL em reuniões binacionais aumenta crise e atrapalha renegociação para 2023

2

“Poderia ter sido eu a morrer ali no ponto de ônibus”

Como a morte espreita a juventude negra no Rio de Janeiro, estado com maior taxa de homicídios em ações policiais

3

Presos da Lava Jato unidos contra os ratos e o tédio

Condenados por crimes de colarinho-branco já caçaram roedores e fizeram faxina em complexo penal; transferidos para hospital penitenciário e sem ter o que fazer, gastam o tempo com dominó  

4

Vítimas de Mariana cobram R$ 25 bi de mineradora BHP na Inglaterra

Juiz deve decidir em junho se vai julgar o processo, o maior em número de vítimas da história do Reino Unido

7

A guerra contra o termômetro

Quando chegam más notícias sobre o desmatamento, os governos atacam o emissário

8

Cortes de Bolsonaro emperram pesquisa para deter câncer incurável no cérebro

Sem bolsas federais, pesquisadora aprovada em primeiro lugar na UFRJ atrasa estudo sobre vírus da zika como arma contra tumor

10

Bacurau – celebração da barbárie

Filme exalta de modo inquietante parceria entre povo desassistido e bandidos