história pessoal

O senhor Licitra

Meu pai deixou o país como exilado político, mas também escolheu me abandonar

Josefina Licitra
“Lembro-me de duas coisas”, disse minha mãe. “Que, no dia seguinte à partida dele, você parou de fazer xixi na cama. E que o seu temperamento mudou. Antes você era uma menina alegre”
“Lembro-me de duas coisas”, disse minha mãe. “Que, no dia seguinte à partida dele, você parou de fazer xixi na cama. E que o seu temperamento mudou. Antes você era uma menina alegre” ILUSTRAÇÃO: PEDRO FRANZ_2017

Acabo de receber um e-mail de Juan Cruz Ruiz, um dos fundadores do jornal espanhol El País. Há alguns anos, Juan Cruz organizou um livro de entrevistas com escritores no qual teve a gentileza de me incluir, e desde então trocamos mensagens esporádicas. Mas este e-mail não trata – como tantos outros – de temas editoriais. O assunto é “Seu pai”, e diz o seguinte: “Tomando o café da manhã em Pozuelo, fui cumprimentado por uma senhora. E em seguida, por um senhor. O senhor Licitra! Seu pai tem um belo sorriso. Beijos!”

Pozuelo é um município nos arredores de Madri, cidade onde meu pai mora desde que deixou a Argentina, como exilado político, em 1978. A senhora mencionada é a mulher do meu pai. Os dois conhecem Juan Cruz pelos textos do jornal; certamente foram eles que o abordaram.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Josefina Licitra

Josefina Licitra, jornalista argentina, é autora de Los Otros: Una Historia del Conurbano Bonaerense, da Debate.

Leia também

Últimas Mais Lidas

O Paciente e O Banquete – frutos da tragédia

Vistos em conjunto, os dois filmes tornam-se reflexo do cenário político atual

Ciro, a vela e o dane-se

Só ele impede segundo turno antecipado entre Bolsonaro e Haddad

Marcos Lisboa: “Me comparar a Paulo Guedes é demais”

Cotado como ministro da Fazenda em um governo do PT, economista responde a Ciro Gomes, que o chamou de “ultrarreacionário”

A janela de Haddad

A vulnerabilidade de Bolsonaro e a chance do candidato do PT

Sem a elite, sem (quase) nada

Em doze anos, Alckmin sai de 45% para 6% das intenções de voto no eleitorado que cursou universidade; eleitores migram principalmente para Bolsonaro

Lacrou: não entra mais nome novo na urna

Se um candidato morrer ou desistir, sua cara e seu número continuarão aparecendo na tela; TSE fechou os registros e diz que não muda mais

A nossa hora mais escura

O legado de trinta anos de democracia está em jogo nesta eleição

Bolsonaro e Haddad vão ao JN, bombam no Twitter e crescem

Jornal Nacional foi evento mais tuitado das campanhas dos candidatos do PSL e do PT; apresentadores viraram o assunto após as entrevistas

Por que mulheres trocaram Marina por Haddad, Ciro e Bolsonaro

De líder no voto feminino, candidata despencou para o quarto lugar; seu discurso é “sincero”, mas falta clareza, dizem ex-eleitoras

Bolsonaro não queria sair da Santa Casa

A história de como a família do presidenciável dispensou o Sírio-Libanês, contrariou a vontade do candidato de ficar em Juiz de Fora e aceitou a proposta do tesoureiro do PSL de levá-lo para o Einstein

Mais textos