Em Tóquio, estamos rodeados de arranha-céus. São belos e imponentes, mas ao mesmo tempo não têm aquela ostentação dos espigões americanos. Estão lá e pronto. Elegantes. Silenciosos
Ver dados da foto Em Tóquio, estamos rodeados de arranha-céus. São belos e imponentes, mas ao mesmo tempo não têm aquela ostentação dos espigões americanos. Estão lá e pronto. Elegantes. Silenciosos ILUSTRAÇÃO: HARRIET LEE-MERRION ILLUSTRATION_HARRIETLEEMERRION.COM

Okāsan

Um relato de minha primeira visita ao meu filho no Japão
Mori Ponsowy
Tamanho da letra
A- A+ A
Em Tóquio, estamos rodeados de arranha-céus. São belos e imponentes, mas ao mesmo tempo não têm aquela ostentação dos espigões americanos. Estão lá e pronto. Elegantes. Silenciosos ILUSTRAÇÃO: HARRIET LEE-MERRION ILLUSTRATION_HARRIETLEEMERRION.COM

Exclusivo para assinantes.
Não assinante: leia na revista impressa ou no aplicativo

雲おりおり     人を休める     月見かな

Lua cheia:
para repousar os olhos
uma nuvem de tempos em tempos
Bashô

 

DIA 0_No balcão do aeroporto de Narita onde compro a passagem da van que me levará a Tóquio, a moça aponta para um aviso: partida às 18h50. Faltam dez minutos: é o tempo de ir ao banheiro e lavar o rosto. Quando, às 18h48, chego ao local indicado, a van está encostando. De luvas brancas, o motorista pega minha mala e a acomoda no porta-malas. Para dirigir, calça outro par de luvas, igualmente brancas. Partimos no exato segundo em que o relógio deixa de marcar 18h49 e indica 18h50.

Já é de noite. As estradas parecem saídas de um filme do futuro. Embora, imagino, ainda seja a hora do rush, há tão poucos carros circulando que não sei se avançamos em alta velocidade ou em câmera lenta. Nenhum outdoor polui a paisagem, silêncio absoluto.

Vou ao encontro de meu filho. Este é o país que ele escolheu para estudar, para se descobrir, para se inventar. Mais uma hora e estarei com ele.

SÓ PARA ASSINANTES.

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site, inclusive imagens, logotipos, fotografias e podcasts, são de propriedade da revista piauí ou de seu criador original. A reprodução, adaptação, modificação ou utilização do conteúdo aqui disponibilizado, parcial ou integralmente, é expressamente proibida sem a permissão prévia da revista ou do titular dos direitos autorais.

ASSINANTE PIAUÍ

Use o mesmo e-mail e senha cadastrados no site da Ed. Abril no ato da assinatura. Esqueceu a senha ou o e-mail ?