questões samaritanas

Os mais oprimidos de todos

Os dilemas de um ativista

Larissa MacFarquhar
Depois de se engajar na luta por justiça social durante a faculdade, Aaron Pitkin concluiu que os animais sofriam mais do que os humanos. Na base da cadeia alimentar, os não mamíferos – menos inteligentes ou bonitinhos – eram os mais oprimidos de todos. Quase ninguém pensava nos frangos
Depois de se engajar na luta por justiça social durante a faculdade, Aaron Pitkin concluiu que os animais sofriam mais do que os humanos. Na base da cadeia alimentar, os não mamíferos – menos inteligentes ou bonitinhos – eram os mais oprimidos de todos. Quase ninguém pensava nos frangos FOTO: HENK WILDSCHUT_ FOTO DA MOSTRA DOCUMENTANDO A HOLANDA: O PÃO NOSSO DE CADA DIA_EXIBIÇÃO NO MUSEU RIJKS_AMSTERDAM, 2013

Quando jovem, Aaron Pitkin procurava uma causa a que pudesse devotar a vida – algum meio de aliviar o sofrimento que via no mundo –, e ele a encontrou nos frangos. Era uma questão de números. Mais de 8 bilhões de frangos morriam a cada ano nos Estados Unidos, quase 1 milhão por hora. Dentre os animais abatidos para consumo, eles eram, sem sombra de dúvida, a grande maioria, dadas suas reduzidas dimensões – pouca carne para muita morte, terrível. E o tratamento que recebiam nas granjas antes do abate o indignava – as aves sofriam de dor crônica praticamente durante as seis semanas que viviam, tão gordas que as pernas não sustentavam o corpo, sentadas sobre os próprios excrementos, cobertas de feridas. Aaron vislumbrou que, se descobrisse como melhorar a vida dos frangos, a carga de sofrimento a ser subtraída do mundo seria muitas vezes maior do que qualquer outro expediente que lhe passasse pela cabeça.

Não que os frangos fossem mais importantes do que as pessoas, ou mais inocentes ou fofos. Ele se impressionava por eles serem mais indefesos e até mais massacrados que as mais oprimidas das gentes; o sofrimento daquelas aves era maior, e mais injusta sua condição. Ele não perdia tempo cogitando se um frango seria de fato mais feliz em outras circunstâncias. Não lhe interessava a felicidade; seu lance era a dor.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Larissa MacFarquhar

Larissa MacFarquhar é jornalista da revista The New Yorker.

Leia também

Últimas Mais Lidas

Médicos de menos, as doenças de sempre

A história de quatro pacientes crônicos do sertão do Ceará que estão há um mês sem os tratamentos que precisam, após a saída dos profissionais cubanos do país

Foro de Teresina #31: O escândalo do motorista, o antiministro do Meio Ambiente e o barraco do PSL

O podcast da piauí analisa os fatos mais recentes da política nacional

Na Câmara, com o novo e o seminovo

Dois deputados em primeiro mandato – um novato autêntico e o herdeiro de seis gerações de parlamentares – contam sua preparação para sobreviver em Brasília

Bloqueio – caminhoneiros em greve

Incertezas retratadas no documentário são referência para entender as mudanças políticas no país

“Me fingi de morta e assim sobrevivi”

Sobrevivente da chacina da Catedral de Campinas reconstitui a cena da tragédia, protagonizada por um assassino de família católica praticante

Mulheres de “facção”

Sem emprego formal, costureiras trabalham até 14 horas por dia para intermediários da indústria da moda, as chamadas “facções”

Olavo interrompido

Guru do governo Bolsonaro tem participação na Cúpula Conservadora das Américas frustrada pelo meio que o fez famoso, a internet

Não é só pelos 6 centavos de euro

Quem são e o que pensam os “coletes amarelos” e como lideraram um movimento popular e populista que paralisa a França há três semanas

Expansionista, Guedes sofre sua primeira derrota

Futuro ministro da Economia incluiu Apex na estrutura da sua pasta, mas perdeu a agência de comércio após disputa com Itamaraty

A vingança do analógico

Precisamos reaprender a usar a internet

Mais textos
1

Os pequenos passos do astronauta Marcos Pontes

Em reunião com cientistas em Brasília, futuro ministro da Ciência e Tecnologia mostrou ainda não estar pronto para se despir do macacão de palestrante de autoajuda

2

Olavo interrompido

Guru do governo Bolsonaro tem participação na Cúpula Conservadora das Américas frustrada pelo meio que o fez famoso, a internet

3

Não é só pelos 6 centavos de euro

Quem são e o que pensam os “coletes amarelos” e como lideraram um movimento popular e populista que paralisa a França há três semanas

6

“Me fingi de morta e assim sobrevivi”

Sobrevivente da chacina da Catedral de Campinas reconstitui a cena da tragédia, protagonizada por um assassino de família católica praticante

7

Na Câmara, com o novo e o seminovo

Dois deputados em primeiro mandato – um novato autêntico e o herdeiro de seis gerações de parlamentares – contam sua preparação para sobreviver em Brasília

8

Rakudianai

A política, a prisão, o encontro com o crocodilo, o julgamento e meu pai: lembranças de quarenta anos atrás

9

Xô, esquerda!

Pastores da Universal agora livram os fiéis de possessões comunistas?

10

Expansionista, Guedes sofre sua primeira derrota

Futuro ministro da Economia incluiu Apex na estrutura da sua pasta, mas perdeu a agência de comércio após disputa com Itamaraty