questões editoriais

Palácio dos prazeres

Quem são os novos donos da Playboy no Brasil

Adriana Negreiros
O trio estima gastar 1 milhão de reais ao mês com a revista. “Me sinto como se tivesse comprado o Corinthians”, diz André Sanseverino
O trio estima gastar 1 milhão de reais ao mês com a revista. “Me sinto como se tivesse comprado o Corinthians”, diz André Sanseverino FOTO: TUCA VIEIRA_2016

A atriz Luana Piovani havia acabado de comentar que não aceitaria ser fotografada nua e com dedinho na boca para fazer “punheteiro gozar” quando percebeu que um púbere de 13 anos ouvia atento tudo o que dizia. “Esse guri pode estar aqui?”, desconcertou-se, diante dos jornalistas que participavam da entrevista coletiva promovida pela Playboy para anunciar a estrela do primeiro número que a revista lançará sob nova direção. “Brincadeirinha, foi só pra descontrair”, disfarçou Luana, ao notar a presteza com que assessores retiraram o menino da sala, na companhia do irmão, de 3 anos, que, preso a um carrinho de bebê, murmurava “manhêêê” a intervalos irregulares.

Edson Marcos de Oliveira, o pai das crianças, estava tão concentrado na atriz que não chegou a detectar qualquer sinal de desconforto envolvendo os filhos e a esposa – uma morena de cabelos compridos, pernas bonitas e cintura fina, formada em pedagogia. “Luana é uma mulher preparada. Se participasse de uma reunião nas Nações Unidas, daria aula”, elogiou Oliveira, sem demonstrar nenhum constrangimento. A entrevista acontecia no Teatro Eva Herz de São Paulo, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, e marcava o momento apoteótico de sua carreira de empreendedor – aos 38 anos, 24 depois de começar a trabalhar como office-boy em Curitiba, ele posava para fotos na condição de dono da Playboy. Oliveira é um dos três sócios do grupo paranaense PBB Entertainment, que assumiu a marca no Brasil depois que a Editora Abril decidiu encerrar um contrato de 40 anos com a matriz nos Estados Unidos. Ao acordar naquele 4 de fevereiro, aprontara-se com ainda mais esmero do que de hábito: os cabelos pretos, disciplinados com gel, foram penteados para trás, deixando escapar um único fio sobre a testa. Entre os cinco pares de óculos de grau que possui, elegeu para o grande dia o de aros azuis, ornando com a camisa quadriculada em tom verde-acinzentado.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Adriana Negreiros

Adriana Negreiros, jornalista freelancer, foi editora das revistas Playboy e Claudia

Leia também

Últimas Mais Lidas

Meu Querido Filho – riscos da obsessão paterna

Filme tunisiano reflete sobre a relação entre pais extremados e seus rebentos

“Despetização” de Onyx tem só 1% de petistas

Em uma semana, governo Bolsonaro exonera 293 de cargos de confiança para eliminar quem "tem marca ideológica clara”, mas só 35 são filiados a partidos, dos quais três, ao PT

Foro de Teresina #34: O bate-cabeça de Bolsonaro, os novos escândalos do governo e a crise no Ceará

Podcast da piauí analisa os fatos mais recentes da política nacional

Mourão não deixou filho desistir de promoção

Vice-presidente insistiu para Antônio Rossell Mourão aceitar cargo no BB, mesmo após a repercussão negativa: "Isso lhe pertence"

Sem médico, até repórter vira “doutor” para indígena na Amazônia

No Alto Solimões, onde 229 aldeias abrigam 70 mil índios de sete etnias, nenhum brasileiro apareceu para as vagas deixadas pelos cubanos

Espanto e incredulidade entre nós

Cultivar o passado ou lidar com a realidade: formas de reagir a novos tempos na política

Foro de Teresina #33: A posse de Bolsonaro, a posse de armas e a dura vida dos estados

Podcast da piauí analisa os primeiros passos do novo presidente e dos governadores

Na piauí_148

A capa e os destaques da revista que começa a chegar às bancas nesta quinta-feira

André Esteves reaparece na ala VIP da posse de Guedes

Ausente da capital federal desde que foi preso em 2015, dono do BTG Pactual circula entre convidados importantes do ministro da Economia

Culpa – clausura e complexidade na tela

Graduados da Escola de Cinema da Dinamarca fazem filme exemplar em treze dias

Mais textos
2

“Despetização” de Onyx tem só 1% de petistas

Em uma semana, governo Bolsonaro exonera 293 de cargos de confiança para eliminar quem "tem marca ideológica clara”, mas só 35 são filiados a partidos, dos quais três, ao PT

3

Mourão não deixou filho desistir de promoção

Vice-presidente insistiu para Antônio Rossell Mourão aceitar cargo no BB, mesmo após a repercussão negativa: "Isso lhe pertence"

4

Sem médico, até repórter vira “doutor” para indígena na Amazônia

No Alto Solimões, onde 229 aldeias abrigam 70 mil índios de sete etnias, nenhum brasileiro apareceu para as vagas deixadas pelos cubanos

5

Juventude bolsonarista

A extrema direita sai do armário no Brasil

7

Sofística e polícia política

Olavo de Carvalho, Bolsonaro e a ideologia

8

Povos da megadiversidade

O que mudou na política indigenista no último meio século

9

Sem herdeiros

Obra-prima da tevê, Família Soprano influenciou pouco os seriados posteriores

10

Foro de Teresina #34: O bate-cabeça de Bolsonaro, os novos escândalos do governo e a crise no Ceará

Podcast da piauí analisa os fatos mais recentes da política nacional