fifa

piauí_141 traz trecho inédito de O Delator

Livro de Allan de Abreu e Carlos Petrocilo reconstitui história de J. Hawilla, pivô do escândalo Fifa – aberto também para não-assinantes

O grande baile da Traffic

A trajetória de J. Hawilla no submundo do futebol

Pivô do escândalo Fifa, J. Hawilla morre em São Paulo

Em acordo de delação em 2013, o empresário confessou crimes e teve de pagar 151 milhões de dólares ao governo norte-americano

Pivo de escândalo Fifa volta ao Brasil “de vez”

J. Hawilla disse à piauí que foi liberado para voltar dos Estados Unidos, onde confessou crimes como lavagem de dinheiro e obstrução de Justiça; preso em 2013, fez acordo para delatar cartolas

Wendell, o boleiro

Como nasce um campeão virtual

Os pretos, os brancos, os amarelos e as verdinhas

O mundo colorido de João Havelange

O presidente

Ricardo Teixeira combina o valor de jogo da Seleção, decide quem vai transmiti-lo e negocia quem vai patrociná-lo. Ele é o dono do futebol brasileiro, e quer fazer uma Copa irreprochável para se eleger presidente da Fifa

The president

Ricardo Teixeira determines how much the championships are worth, which network runs the games and which companies sponsor them. He’s the boss of Brazilian football, and he wants to pull off a flawless World Cup in order to be elected president of FIFA.

O esporte que vendeu a sua alma

Como o rude desporto bretão se tornou um ramo privilegiado da indústria do entretenimento