rádio piauí

#8: Revolução mexicana, as últimas pesquisas no Brasil, e Dilma x Aécio, o retorno

O podcast de política da piauí debate a primeira vitória eleitoral de um presidente de esquerda na história do México, as novas pesquisas de intenção de voto no Brasil, e o confronto simbólico entre Dilma Rousseff e Aécio Neves em Minas Gerais

05jul2018_17h07
Nas urnas do estado de Minas Gerais, Dilma e Aécio devem repetir, em menor escala, a polarização entre PT e PSDB
Nas urnas do estado de Minas Gerais, Dilma e Aécio devem repetir, em menor escala, a polarização entre PT e PSDB ILUSTRAÇÃO: PAULA CARDOSO

Nesta semana, o Foro de Teresina debate a primeira vitória de um presidente de esquerda na história das eleições do México, os contornos da corrida presidencial no Brasil após a divulgação de novas pesquisas de intenção de voto, e as candidaturas parlamentares de Dilma Rousseff e Aécio Neves, que poderão se enfrentar nas urnas em Minas Gerais e reencenar, em escala estadual, a polarização entre PT e PSDB.

Bloco 1: A revolução mexicana
Na contramão de países sul-americanos como Colômbia e Chile, o México elegeu nesta semana um presidente de esquerda – o primeiro de sua história. Andrés Manuel López Obrador, de 64 anos, venceu o pleito com ampla margem de votos, o que acarretou uma derrota histórica ao PRI, partido do atual presidente. De postura conciliadora, parecida com a adotada pelo ex-presidente Lula em sua campanha de 2002, Obrador assume o governo com maioria no Congresso e terá pela frente o desafio de cumprir as suas principais promessas de sua campanha: o combate à corrupção e o uso da “anistia” como instrumento para apaziguar a guerra do Estado contra traficantes.

Bloco 2: As últimas pesquisas
A pouco mais de três meses da eleição, mais de um terço do eleitorado brasileiro não sabe em quem votar para presidente, mostram novas pesquisas divulgadas pelo Ibope e DataPoder360. A indefinição sobre as alianças partidárias, que continuam em aberto, e a indecisão do PT sobre quem substituirá Lula no páreo complicam ainda mais o cenário eleitoral.

Bloco 3: Dilma x Aécio, o retorno
A ex-presidente Dilma Rousseff lançou, na semana passada, sua pré-candidatura ao Senado por Minas Gerais. A decisão pode levar a um repeteco, em menor escala, da disputa contra o tucano Aécio Neves – que se diz candidato a senador, mas deve possivelmente se candidatar à Câmara dos Deputados.

Correção: em uma versão anterior do podcast, José Roberto de Toledo mencionou erroneamente a taxa de mulheres no Congresso brasileiro. Os dados corretos são: 14% de mulheres no Senado e 11% na Câmara.

Você também pode ouvir o podcast em outras plataformas:

  •   Spotify: clique aqui.
  •   iTunes: clique aqui.
  •  SoundCloud: clique aqui.
  •    YouTube: clique aqui.
  •  Resultado de imagem para stitcher icone  Stitcher: clique aqui.
  • Resultado de imagem para rss  Feed: é possível acompanhar o Foro de Teresina por outros agregadores. Para isso, o RSS do podcast é http://forodeteresina.libsyn.com/rss

 

Está tendo dificuldades para ouvir o podcast? Confira o nosso guia.

Ficha técnica:
Apresentação: Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Malu Gaspar
Direção: Paula Scarpin
Produção: Luiza Miguez e Luigi Mazza
Edição: Filipe Di Castro
Finalização e mixagem: João Jabace
Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno
Identidade visual: João Brizzi
Ilustração: Paula Cardoso
Distribuição: Kellen Moraes, Luigi Mazza e Yasmin Santos
Gravado no estúdio da Rádio Batuta, no Instituto Moreira Salles

mais rádio piauí

Últimas Mais Lidas

Maria vai com as outras #4: Profissão família

A jornalista Leticia Nascimento, o radialista Paulinho Coruja e a atriz Vanessa Lóes contam...

#8: Revolução mexicana, as últimas pesquisas no Brasil, e Dilma x Aécio, o retorno

O podcast de política da piauí debate a primeira vitória eleitoral de um presidente...

Tudo o que você não quer e não precisa saber sobre a Copa #4

O podcast que já devolveu as chaves do hotel

Maria vai com as outras #3: Mulheres no esporte

Cynthia Martins, jornalista esportiva, e Isadora Cerullo, jogadora da seleção brasileira de rugby, falam...

Foro de Teresina #7: Racha no Supremo, o namoro de Bolsonaro e o junho sem fim

O podcast de política da piauí debate as divergências internas do STF, o flerte...

Tudo o que você não quer e não precisa saber sobre a Copa #3

O podcast que transforma água em vinagre

Foro de Teresina #6: O aborto na eleição, os paradoxos de Marina e a absolvição de Gleisi

O podcast de política da piauí debate o impacto da descriminalização do aborto na...

Tudo o que você não quer e não precisa saber sobre a Copa #2

Em seu segundo episódio, o podcast que não tem compromisso com a eternidade debate...

Tudo o que você não quer e não precisa saber sobre a Copa #1

O podcast que não vai falar sobre o quinto metatarso do Neymar

Maria vai com as outras #2: Mulheres na ciência

Ana Carolina Carnaval, bióloga e professora universitária, e Luize D’Urso, medalhista em olimpíadas de...

Mais textos
1

piauí estreia colunas diárias sobre as eleições

Nove cientistas políticos e jornalistas vão debater a campanha deste ano

2

Depois do desemprego vem o desalento

Crise econômica converteu Salvador na capital brasileira dos desalentados, aqueles que se frustram com o insucesso e param de procurar trabalho

3

A revolta dos trolls, e a vingança na Justiça

Alvos nas mídias sociais, jornalistas contra-atacam com processos, denúncias ao Ministério Público e conversa com empregadores dos haters

4

As Boas Maneiras – sinal de alerta

Filme de Marco Dutra e Juliana Rojas coloca em cena a improvável relação homossexual entre patroa e empregada para despistar o espectador de seu verdadeiro tema

5

Civilização e barbárie

Jair Bolsonaro não é um candidato a mais na disputa

8

Lula, da cela à tela

Após prende e solta, candidatura do PT volta a ficar em evidência e tumultua a corrida presidencial

9

O centrão propõe

Bloco liderado por DEM e PP negocia os termos do novo pacto conservador

10

Anthony Bourdain é uma festa

Com um apetite insaciável por culturas e cozinhas nativas, o chef se tornou um estadista itinerante