o que publicamos

A semana no site da piauí

O app que expõe a rotina de agentes de segurança no Brasil; os eleitores que não votam em Lula nem em Bolsonaro, a queda de popularidade do MBL no Facebook e outras histórias

02fev2018_21h19
Movimentação de usuários do aplicativo Strava na Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. onde está preso o traficante Fernandinho Beira-Mar
Movimentação de usuários do aplicativo Strava na Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. onde está preso o traficante Fernandinho Beira-Mar IMAGEM: REPRODUÇÃO_STRAVA

App de esportes expõe rotina de militares e agentes no Brasil: corridas e caminhadas registradas pelo Strava mapeiam a movimentação de agentes de segurança em fronteiras e em presídios de segurança máxima. O Brasil é o país com terceiro maior número de usuários do Strava, segundo a empresa – e não há nenhuma regulamentação para agentes de segurança sobre o uso dos aparelhos.

Quem não vota nem em Lula nem em Bolsonaro, em nenhuma circunstância, chega a 43% do eleitorado. O jornalista José Roberto de Toledo escreve sobre essa parcela dos votantes, que definem seus candidatos de última hora e costumam decidir a eleição.

Os engajamentos com a página de Facebook do MBL caíram a menos da metade entre março de 2016 e o início de 2018. Os números mostram a dificuldade do movimento para manter a capacidade de mobilizar seguidores, depois do impeachment de Dilma Rousseff.

O repórter Henrique Araújo reconstitui a vida e a morte de uma adolescente grávida assassinada sem motivo junto com outras sete jovens mulheres em na Chacina das Cajazeiras, no Ceará.

O crítico Eduardo Escorel resenha o documentário Visages VillagesIndicado ao Oscar deste ano, o filme de Agnès Varda e JR retrata a viagem da dupla pela França em um caminhão adaptado como cabine fotográfica. “Há filmes que deveriam ser saudados com fanfarras. São raros, mas existem. Visages Villages, documentário de Agnès Varda e JR, é, com certeza, um deles.”

A capa e os destaques da piauí de fevereiro, que começa a chegar às bancas na próxima semana.

 

Por @albertobenett

A post shared by revista piauí (@revistapiaui) on



Leia também

Últimas

Queridos, encolhi o país

Brasil piorou em PIB, renda per capita, indicadores de saúde e educação

Passou a boiada e agora chama a polícia

Bolsonaro desmonta sistema de fiscalização ambiental e, pressionado por Biden, diz que Força Nacional vai combater desmatamento

A cada 15 minutos, um Henry pede socorro

Serviços de saúde atendem por ano quase 33 mil crianças de até 9 anos com sinais de violência física, sexual ou psicológica; em cada quatro agressões, três acontecem dentro de casa

Temas recorrentes, tragédias perenes

A Última Floresta documenta, com olhar antropológico, aldeia na terra Yanomami

É praia, é piscina, é viagem oficial!

As equipes precursoras de Bolsonaro aumentam o número de dias das viagens e aproveitam para fazer turismo às custas do dinheiro público

Sem clima pra boiada

Conferência de chefes de Estado quer metas concretas de redução do desmatamento ilegal; estratégia bolsonarista atropela acordos com Biden

Mais textos