o que publicamos

A semana no site da piauí

O app que expõe a rotina de agentes de segurança no Brasil; os eleitores que não votam em Lula nem em Bolsonaro, a queda de popularidade do MBL no Facebook e outras histórias

02fev2018_21h19
Movimentação de usuários do aplicativo Strava na Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. onde está preso o traficante Fernandinho Beira-Mar
Movimentação de usuários do aplicativo Strava na Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. onde está preso o traficante Fernandinho Beira-Mar IMAGEM: REPRODUÇÃO_STRAVA

App de esportes expõe rotina de militares e agentes no Brasil: corridas e caminhadas registradas pelo Strava mapeiam a movimentação de agentes de segurança em fronteiras e em presídios de segurança máxima. O Brasil é o país com terceiro maior número de usuários do Strava, segundo a empresa – e não há nenhuma regulamentação para agentes de segurança sobre o uso dos aparelhos.

Quem não vota nem em Lula nem em Bolsonaro, em nenhuma circunstância, chega a 43% do eleitorado. O jornalista José Roberto de Toledo escreve sobre essa parcela dos votantes, que definem seus candidatos de última hora e costumam decidir a eleição.

Os engajamentos com a página de Facebook do MBL caíram a menos da metade entre março de 2016 e o início de 2018. Os números mostram a dificuldade do movimento para manter a capacidade de mobilizar seguidores, depois do impeachment de Dilma Rousseff.

O repórter Henrique Araújo reconstitui a vida e a morte de uma adolescente grávida assassinada sem motivo junto com outras sete jovens mulheres em na Chacina das Cajazeiras, no Ceará.



O crítico Eduardo Escorel resenha o documentário Visages VillagesIndicado ao Oscar deste ano, o filme de Agnès Varda e JR retrata a viagem da dupla pela França em um caminhão adaptado como cabine fotográfica. “Há filmes que deveriam ser saudados com fanfarras. São raros, mas existem. Visages Villages, documentário de Agnès Varda e JR, é, com certeza, um deles.”

A capa e os destaques da piauí de fevereiro, que começa a chegar às bancas na próxima semana.

 

Por @albertobenett

A post shared by revista piauí (@revistapiaui) on

Leia também

Últimas Mais Lidas

“Mamadeira de piroca” versão 2020

Monitoramento em oito capitais mostra como candidatos conservadores acusaram adversários usando “ideologia de gênero”

Inválidos, Paes e o Bispo

Paes derrota Crivella em todas as 49 zonas eleitorais, mas perde para abstenções em números absolutos

Foro ao vivo no 2º turno: o que concluir das eleições

Podcast de política da piauí fez um balanço do resultado das eleições municipais; a íntegra do programa ao vivo está disponível no YouTube

Jogada pela direita rumo a 2022

DEM e MDB saem fortalecidos do segundo turno diante de derrotas petistas e de um bolsonarismo menos enraizado do que se previa em 2018

PT saudações

Partido do ex-presidente Lula perde prefeituras e vereadores e fica fora das capitais; para cientista político, "polarização afetiva" ajuda a explicar rejeição à legenda

Nas redes, deu Boulos; nas urnas, Covas

Candidato do Psol foi maior surpresa das mídias sociais na eleição este ano 

Redes bolsonaristas mentem mais sobre eleição

Boatos sobre fraudes na votação e nas urnas eletrônicas se espalharam em novembro, estimulados por apoiadores do presidente e pelo próprio Bolsonaro

Mais textos
4

A metástase

O assassinato de Marielle Franco e o avanço das milícias no Rio

5

A transparência no jornalismo do húngaro Tamás Bodoky

O fundador do portal Atlatzo abre o segundo dia da programação do Festival Piauí de Jornalismo

6

Lições de literatura e sociedade

Antonio Candido fala sobre o fazendeiro Pio e a invasão da USP

7

Na cola de quem cola

A apoteose da tecnologia e o adeus aos estudos

10

The Newsroom – em tempo

O terceiro capítulo de The Newsroom, exibido domingo (19/8) no HBO, deu conta de uma das questões levantadas no post publicado neste blog na semana passada.