festival

Beatriz Adrián e o desafio da cobertura política na Venezuela hoje

Repórter foi detida ao cobrir a tentativa de prisão de Juan Guaidó

26ago2019_16h27

A venezuelana Beatriz Adrián abre a programação do sexto Festival Piauí de Jornalismo numa conversa com Fernando de Barros e Silva, diretor de redação da piauí, e Edilamar Galvão, coordenadora do curso de Jornalismo da Faap.

Adrián reporta a situação do seu país como correspondente para o canal colombiano Caracol Televisión  e mantém um canal no YouTube desde 2014.

Em meio a grave crise política e financeira pela qual passa a Venezuela, ela foi detida ao cobrir a prisão de Juan Guaidó, líder do Congresso, no começo do ano, no que foi um dos casos mais recentes de tentativa de censura e ameaça ao trabalho de jornalistas no país.

Além deste ofício, Adrián é vice-presidente da empresa de crowdfunding solidário Dar y Recibir.

Leia Também

Relacionadas Últimas

César Batiz e o jornalismo independente na Venezuela

César Batiz trabalha em dois veículos da mídia independente em seu país: a plataforma de dados Poderopedia e o canal online El Pitazo. Batiz conversou com a repórter Carol Pires e com Simon Romero, correspondente do New York Times.

O inferno de Maracaibo

A vida cotidiana num país em ruínas

Notícias de Maracaibo

O dia a dia da crise venezuelana

O arroz chegou

Sobreviver é a principal preocupação dos venezuelanos

As 1.400 vidas da obituarista Margalit Fox e outras histórias: veja como foi o 2º dia do evento

Encontro internacional reuniu jornalistas em São Paulo neste fim de semana

Ingressos à venda para o Festival Piauí GloboNews de Jornalismo

Estudantes e professores pagam meia-entrada, e assinantes da revista têm desconto

Saiba primeiro sobre os nossos eventos

Receba as novidades dos próximos projetos da piauí

Saiba como foi cada mesa da Maratona Piauí Serrapilheira

Vida, vulcões, clima, água e gestão da ciência: cinco grandes cientistas falaram sobre suas áreas de pesquisa

Mais textos