=igualdades

Com uma caixa de Marlboro, japonês compra o triplo de garrafas de Coca-Cola que um brasileiro

Amanda Gorziza e Renata Buono
03jun2021_09h47

Além das bebidas alcoólicas, o cigarro no Brasil também é barato. Uma caixa vermelha de Marlboro custa o equivalente a US$ 2,33 – dinheiro que compra três garrafas de 500 ml de Coca-Cola. O preço do cigarro no Brasil é 63% abaixo da média dos 52 países pesquisados. Já no Japão, o mesmo cigarro custa 16% acima da média global, US$ 7,34. Com esse valor, um japonês compra dez Coca-Colas. Ou seja, se um brasileiro comprar uma caixa vermelha de Marlboro, estará deixando de comprar menos Coca-Colas. 

No Paquistão é onde a caixinha de Marlboro custa menos – US$ 1,19. Já na Austrália, fumar custa caro. Lá, o mesmo produto é adquirido por US$ 29,44. Os dados foram coletados no site GlobalProductPrices.com, que rastreia os preços de varejo dos mais variados produtos nos países.

*Nota metodológica: o preço dos produtos pode variar em função da taxa de conversão para o dólar norte-americano; aqui foi usada a conversão pelo dia 25 de maio. 

Fonte: GlobalProductPrices.com

Amanda Gorziza (siga @amandalcgorziza no Twitter)

Estagiária de jornalismo na piauí

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

Leia também

Últimas

O padre, o filho e a pensão alimentícia

Justiça manda religioso pagar três salários mínimos mensais a ex-fiel que diz ter tido um romance e um filho com ele; o padre nega

Pela simplificação dos planos diretores

Legislação complicada e genérica precisa ser substituída por outra capaz de ser entendida pela população

O encalhe de Pantanal e Dona Beija

Acervo com mais de 25 mil fitas da Rede Manchete vai a leilão, mas não atrai nenhum comprador

Foro de Teresina #154: Boom, bola e bolso

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Dias de alívio e de pranto

Vestibulanda relata angústia de ver sua avó, vacinada, se recuperar da Covid, enquanto um amigo chorava a morte do pai, sem vacina

Mais textos