=igualdades

Em 2020, polícia do Rio matou 23% a mais do que a polícia norte-americana

Hellen Guimarães e Renata Buono
12fev2021_18h02

Num ano marcado por casos como o de George Floyd e a discussão sobre racismo e abusos em abordagens policiais nos Estados Unidos, a polícia do Rio matou 23% a mais que a norte-americana. Foram 1.239 mortos por policiais no estado brasileiro ante 1.004 nos EUA. Os números saltam ainda mais aos olhos quando se analisa a diferença entre o tamanho das populações: a estadunidense é 19 vezes maior que a do Rio.

A letalidade policial fluminense é alta e não é de hoje. Nos últimos 5 anos, a polícia do Rio matou, em média, 340 pessoas a mais por ano que a dos EUA. Foram 6.639 mortos de 2016 a 2020 no Rio, uma média de 1.328 vítimas por ano. Nos EUA, foram 4.940 no período, uma média de 988 por ano.

Fontes: The Washington Post, Instituto de Segurança Pública (ISP) e United States Census Bureau



Hellen Guimarães (siga @HellenGuimaraes no Twitter)

Repórter da piauí. Trabalhou em O Globo, Extra, Época e Agência Lupa

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

Leia também

Últimas

Paulo Gustavo mirava carreira internacional com Amazon a partir de 2022

Humorista estava de saída do Grupo Globo e já tinha assinado contrato de cinco anos com plataforma de streaming

Lava-se de tudo – sangue, pó e propina

Empresa de cobrança virou lavanderia de dinheiro para contrabandistas e PCC; esquema movimentou pelo menos 700 milhões de reais em quatro anos

Valores em desuso

Dois Tempos celebra amizade e afeto ao som de violões

A médica e o burocrata

No Brasil profundo, pequenos poderes se misturam com preconceito e Covid para compor uma tragédia

Os muitos fracassos do Censo

Como os parlamentares e o ministro da Economia fizeram ouvidos moucos à necessidade da pesquisa do IBGE

Mais textos