rádio piauí

Foro de Teresina #11: O futuro de Bolsonaro, o xadrez de Alckmin e a armadilha da esquerda

O podcast de política da piauí debate as chances de Bolsonaro nas eleições, o avanço da campanha do PSDB e a encruzilhada dos candidatos da esquerda

26jul2018_17h00
A aliança com o Centrão ampliou as chances de Alckmin chegar ao segundo turno, mas impôs dilemas à sua candidatura
A aliança com o Centrão ampliou as chances de Alckmin chegar ao segundo turno, mas impôs dilemas à sua candidatura FOTO: GABRIEL CABRAL/FOLHAPRESS

Nesta semana, o Foro de Teresina discute as chances de Jair Bolsonaro na eleição presidencial mais imprevisível das últimas décadas; o impacto da aliança de Geraldo Alckmin com o Centrão sobre a corrida eleitoral; e, por fim, os efeitos da insistência de Lula em se manter no páreo sobre as candidaturas de esquerda, a menos de três meses do pleito.

Bloco 1: O futuro de Bolsonaro
Jair Bolsonaro teve a candidatura à Presidência da República oficializada em uma convenção lotada de apoiadores empolgados. Mas inicia a campanha sem alianças, sem um vice e com menos de dez segundos de propaganda na tevê. Nesse cenário, não falta quem aposte que o capitão vá perder força. Até o momento, porém, não há sinais disso. O presidenciável, que ainda lidera as pesquisas em cenários sem Lula, tem um contingente bastante estável de apoiadores, que inclui os eleitores em busca de um “voto de protesto”.

Bloco 2: O xadrez de Alckmin
Depois de um período jogando parado, Alckmin conseguiu o que seus adversários vinham tentando: o apoio do Centrão, o bloco formado por cinco legendas e mais de cem deputados que comanda o Congresso. A aliança garantiu ao tucano um aumento considerável do tempo de exibição de sua propaganda na tevê e ampliou suas chances de chegar ao segundo turno, mas impôs dilemas à candidatura. Até outubro, Alckmin terá o desafio de decolar nas pesquisas tendo ao seu lado membros do governo Temer, o mais impopular da história do país desde a redemocratização.

Bloco 3: A armadilha da esquerda
A adesão do Centrão a Alckmin prejudicou os planos de Ciro Gomes, que agora tenta atrair o eleitorado órfão de Lula. O pedetista, no entanto, corre o mesmo risco que outras chapas de esquerda: minguar à sombra do ex-presidente, que insiste em manter a pré-candidatura ao Planalto, mesmo sabendo que são grandes as chances de ela ser impugnada. O PT ainda briga pelo apoio de siglas como PSB e PROS. Com isso, paralisa Ciro e mantém a esquerda no corner.

Quer ouvir os episódios anteriores? Clique aqui.

Você também pode ouvir o podcast em outras plataformas:

 Spotify: clique aqui.

 iTunes: clique aqui.

 SoundCloud: clique aqui.

 YouTube: clique aqui.

Resultado de imagem para stitcher icone  Stitcher: clique aqui.

Resultado de imagem para rss  Feed: é possível acompanhar o Foro de Teresina por outros agregadores. Para isso, o RSS do podcast é http://forodeteresina.libsyn.com/rss

Está tendo dificuldades para ouvir o podcast? Confira o nosso guia.

Ficha técnica:
Apresentação: Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Malu Gaspar
Direção: Paula Scarpin
Produção: Luiza Miguez, Luigi Mazza e Mari Faria
Edição: Filipe Di Castro
Finalização e mixagem: João Jabace
Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno
Identidade visual: João Brizzi
Ilustração: Paula Cardoso
Distribuição: Kellen Moraes, Luigi Mazza e Yasmin Santos
Gravado no estúdio da Rádio Batuta, no Instituto Moreira Salles

Leia também

Últimas Mais Lidas

Lacrou: não tem mais nome novo na urna

Se um candidato morrer ou desistir, sua cara e seu número continuarão aparecendo na tela; TSE fechou os registros e diz que não muda mais

A nossa hora mais escura

O legado de trinta anos de democracia está em jogo nesta eleição

Bolsonaro e Haddad vão ao JN, bombam no Twitter e crescem

Jornal Nacional foi evento mais tuitado das campanhas dos candidatos do PSL e do PT; apresentadores viraram o assunto após as entrevistas

Por que mulheres trocaram Marina por Haddad, Ciro e Bolsonaro

De líder no voto feminino, candidata despencou para o quarto lugar; seu discurso é “sincero”, mas falta clareza, dizem ex-eleitoras

Bolsonaro não queria sair da Santa Casa

A história de como a família do presidenciável dispensou o Sírio-Libanês, contrariou a vontade do candidato de ficar em Juiz de Fora e aceitou a proposta do tesoureiro do PSL de levá-lo para o Einstein

Aluguel do PSL custa R$ 1,8 milhão à campanha de Bolsonaro

Ex-presidente do partido, Luciano Bivar recebeu sozinho, até agora, 28% dos gastos da cúpula nacional da sigla que cedeu ao ex-capitão

Antipetismo e democracia

O candidato do PT e o candidato do PSL não são dois lados da mesma moeda

Robôs tiram sono de 90% dos jovens no Brasil

Pesquisa da Pew Research mostra que, entre os brasileiros, os mais preocupados com a automação do seu trabalho têm de 18 a 29 anos

Ciro queima pontes com o Exército

Cúpula militar reage à declaração do candidato de que general Villas Bôas “pegaria uma cana” por falar de política; de “bom quadro”, pedetista vira “insensato”

Grupo pró-Bolsonaro ganha relevância no Twitter após facada

Levantamento da DAPP-FGV mostra que apoiadores do candidato do PSL saíram fortalecidos do atentado; antibolsonaristas, porém, ainda dominam discussões