rádio piauí

Foro de Teresina #16: A eleição no horário nobre, o mensalinho do Twitter e a última chance de Alckmin

O podcast de política da piauí debate a corrida presidencial na semana em que começa a propaganda eleitoral na tevê

30ago2018_16h52
As sabatinas em horário nobre foram o primeiro contato de grande parte da população com as eleições deste ano
As sabatinas em horário nobre foram o primeiro contato de grande parte da população com as eleições deste ano ILUSTRAÇÃO: PAULA CARDOSO

Na pauta do Foro de Teresina, o impacto das primeiras entrevistas de presidenciáveis ao Jornal Nacional; o caso da compra de tuítes favoráveis a candidatos do PT; e, por fim, o desafio de Alckmin de converter, em tempo recorde, o enorme tempo de tevê em votos.

Bloco 1: Eleição para as massas
As entrevistas para o Jornal Nacional são a maior vitrine para os candidatos falarem para grandes audiências na campanha. As aparições de Ciro e Bolsonaro renderam muita discussão nas redes sociais, mas seu impacto sobre o pleito é incerto.

Bloco 2: Os mortadelas digitais
O esquema de compra de tuítes favoráveis a candidatos do PT, que levou o Piauí, governado por Wellington Dias, a bombar no Twitter, expõe os desafios de se coibir a manipulação política na internet.

Bloco 3: Alckmin no forno
A propaganda na TV é a última chance de Geraldo Alckmin conquistar votos para chegar ao segundo turno. O Foro discute se o tucano será capaz de desidratar Bolsonaro sem causar danos à própria candidatura

Quer ouvir os episódios anteriores? Clique aqui.

Você também pode ouvir o podcast em outras plataformas:

 Spotify: clique aqui.

 iTunes: clique aqui.

 SoundCloud: clique aqui.

 YouTube: clique aqui.

Resultado de imagem para stitcher icone  Stitcher: clique aqui.

Resultado de imagem para rss  Feed: é possível acompanhar o Foro de Teresina por outros agregadores. Para isso, o RSS do podcast é http://forodeteresina.libsyn.com/rss

Está tendo dificuldades para ouvir o podcast? Confira o nosso guia.

Ficha técnica:
Apresentação: Malu Gaspar, José Roberto de Toledo e Carol Pires
Direção: Paula Scarpin
Produção: Luiza Miguez, Luigi Mazza e Mari Faria
Edição: Filipe Di Castro
Finalização e mixagem: João Jabace
Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno
Identidade visual: João Brizzi
Ilustração: Paula Cardoso
Distribuição: Kellen Moraes, Luigi Mazza e Yasmin Santos
Gravado no estúdio da Rádio Batuta, no Instituto Moreira Salles

Leia também

Últimas Mais Lidas

“São particulares”, diz Exército sobre caminhões usados em campanha

Veículos flagrados com propaganda de Bolsonaro e que viralizaram nas redes foram vendidos pela União, mas continuam com aparência militar

Plata o plomo

Bolsonaro depende de fisiologismo ou de autogolpe para governar

Maria vai com as outras #9: Sexo como ganha-pão

A prostituta de luxo Livia Rodrigues, a dona de uma sex shop para lésbicas e bissexuais Marcia Soares e a atriz pornô Monique Lopes falam sobre os prazeres e agruras que envolvem suas profissões

E se Bolsonaro ganhar?

A violência como plataforma de governo

Os mascates do Rio

A periferia sem crédito mantém a tradição do vendedor de porta em porta

EUA devolvem fortuna à família Hawilla

Com a morte do delator do escândalo Fifa, Justiça restitui à viúva e aos filhos patrimônio de R$ 59 milhões em dinheiro e apartamento em condomínio em ilha de Miami

Merval e a democracinha*

A polarização política, os cidadãos de bem e os inimigos da vida civilizada no país

O Paciente e O Banquete – frutos da tragédia

Vistos em conjunto, os dois filmes tornam-se reflexo do cenário político atual

Ciro, a vela e o dane-se

Só ele impede segundo turno antecipado entre Bolsonaro e Haddad

Marcos Lisboa: “Me comparar a Paulo Guedes é demais”

Cotado como ministro da Fazenda em um governo do PT, economista responde a Ciro Gomes, que o chamou de “ultrarreacionário”

1

Não foi você

Uma interpretação do bolsonarismo

2

Paulo Guedes contra o liberalismo

A história mostra que uma onda de ódio só chega ao poder quando normalizada

3

A janela de Haddad

A vulnerabilidade de Bolsonaro e a chance do candidato do PT

4

Merval e a democracinha*

A polarização política, os cidadãos de bem e os inimigos da vida civilizada no país

5

O fiador

A trajetória e as polêmicas do economista Paulo Guedes, o ultraliberal que se casou por conveniência com Jair Bolsonaro

6

Marcos Lisboa: “Me comparar a Paulo Guedes é demais”

Cotado como ministro da Fazenda em um governo do PT, economista responde a Ciro Gomes, que o chamou de “ultrarreacionário”

7

Bolsonaro não queria sair da Santa Casa

A história de como a família do presidenciável dispensou o Sírio-Libanês, contrariou a vontade do candidato de ficar em Juiz de Fora e aceitou a proposta do tesoureiro do PSL de levá-lo para o Einstein

8

Sem a elite, sem (quase) nada

Em doze anos, Alckmin sai de 45% para 6% das intenções de voto no eleitorado que cursou universidade; eleitores migram principalmente para Bolsonaro

9

Por que mulheres trocaram Marina por Haddad, Ciro e Bolsonaro

De líder no voto feminino, candidata despencou para o quarto lugar; seu discurso é “sincero”, mas falta clareza, dizem ex-eleitoras

10

Antipetismo e democracia

O candidato do PT e o candidato do PSL não são dois lados da mesma moeda