rádio piauí

Foro de Teresina #7: Racha no Supremo, o namoro de Bolsonaro e o junho sem fim

O podcast de política da piauí debate as divergências internas do STF, o flerte de Jair Bolsonaro com o PR e os ecos de junho de 2013 que ainda reverberam no Brasil

28jun2018_16h56
ILUSTRAÇÃO: PAULA CARDOSO

Nesta semana, o Foro de Teresina debate a libertação do ex-ministro José Dirceu pela 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal e as divergências internas que se acentuam na Corte; no segundo bloco, o assunto é o flerte do presidenciável Jair Bolsonaro com o senador Magno Malta, do PR, e os possíveis desdobramentos dessa aliança partidária na corrida eleitoral; e, por fim, o terceiro bloco faz um balanço dos cinco anos das manifestações de junho de 2013 e analisa o legado desse movimento, que ainda hoje reverbera na política e na sociedade brasileiras.

Bloco 1: Racha no Supremo
Em apenas um dia, a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal tirou da prisão o ex-ministro José Dirceu, manteve a liberdade do operador do MDB Milton Lyra, e trancou a ação penal contra o deputado estadual de São Paulo Fernando Capez por envolvimento na “máfia da merenda”. As decisões, legitimadas por gambiarras jurídicas, põem a Corte em rota de colisão com a Lava Jato e evidenciam atritos entre as duas turmas de ministros – cujas divergências renderam, informalmente, os apelidos de “Câmara de Gás” e “Jardim do Éden”. Para além das influências imediatas no cenário político, a inconstância do STF piora hoje um quadro grave de desmoralização da Justiça no país.

Bloco 2: O namoro de Bolsonaro
Em busca de alianças para ampliar o tempo de tevê e a estrutura de campanha, o pré-candidato à presidência pelo PSL Jair Bolsonaro enviou uma “cartinha de amor” ao senador Magno Malta, do PR, oferecendo o posto de vice em sua chapa. Uma possível aliança seria estratégica: não só ampliaria o desempenho do presidenciável entre segmentos evangélicos, como dificultaria ao PT e ao PSDB a formação de coligações. Por outro lado, uma associação ao PR – partido envolto em denúncias tanto no Mensalão quanto na Lava Jato – ameaça desfazer a imagem de outsider almejada por Bolsonaro.

Bloco 3: O junho sem fim
Passados cinco anos, junho de 2013 ainda não acabou. Embora possa ser considerado um ponto de inflexão na história recente do país, com consequências ainda a serem investigadas, as manifestações daquele mês não acarretaram mudanças práticas no establishment. As demandas por renovação política e a descrença nas instituições, evidenciadas nas “jornadas” que pararam o país, chegam às eleições de 2018 sem esperança de resposta: enquanto as estruturas partidárias ganham força em uma eleição protagonizada por políticos profissionais, os votos nulos, brancos e abstenções atingem patamares inéditos nas pesquisas de intenção de voto.

Quer ouvir os episódios anteriores? Clique aqui.

Você também pode ouvir o podcast em outras plataformas:

 Spotify: clique aqui.

 iTunes: clique aqui.

 SoundCloud: clique aqui.

 YouTube: clique aqui.

Resultado de imagem para stitcher icone  Stitcher: clique aqui.

Resultado de imagem para rss  Feed: é possível acompanhar o Foro de Teresina por outros agregadores. Para isso, o RSS do podcast é http://forodeteresina.libsyn.com/rss

Está tendo dificuldades para ouvir o podcast? Confira o nosso guia.

Ficha técnica:
Apresentação: Fernando de Barros e Silva, José Roberto de Toledo e Malu Gaspar
Direção: Paula Scarpin
Produção: Luiza Miguez, Luigi Mazza
Edição: Filipe Di Castro
Finalização e mixagem: João Jabace
Música tema: Wânya Sales e Beto Boreno
Identidade visual: João Brizzi
Ilustração: Paula Cardoso
Distribuição: Kellen Moraes, Luigi Mazza e Yasmin Santos
Gravado no estúdio da Rádio Batuta, no Instituto Moreira Salles

mais rádio piauí

Últimas Mais Lidas

Foro de Teresina #35: O decreto das armas, o teatro de Witzel e a prisão de Battisti

Podcast da piauí discute os fatos da semana na política nacional

Foro de Teresina #34: O bate-cabeça de Bolsonaro, os novos escândalos do governo e a crise no Ceará

Podcast da piauí analisa os fatos mais recentes da política nacional

Foro de Teresina #33: A posse de Bolsonaro, a posse de armas e a dura vida dos estados

Podcast da piauí analisa os primeiros passos do novo presidente e dos governadores

Foro de Teresina #32: A canetada de Marco Aurélio, o sumiço do Queiroz e a diplomacia de Bolsonaro

Podcast da piauí discute os fatos recentes da política nacional

Foro de Teresina #31: O escândalo do motorista, o antiministro do Meio Ambiente e o barraco do PSL

O podcast da piauí analisa os fatos mais recentes da política nacional

Foro de Teresina #30: A briga pelo Senado, os generais de Bolsonaro e a política do futebol

Podcast da piauí analisa os fatos da semana na política nacional

Maria Vai com as Outras ao vivo: Andréia Sadi e a mulher no jornalismo

O programa especial foi gravado no Festival piauí GloboNews de Jornalismo

Foro ao vivo: Os militares crescem, o primeiro teste de Janaina e a encruzilhada da oposição

Programa gravado no Festival piauí GloboNews de Jornalismo já está disponível

Foro de Teresina #29: Onyx no telhado, aumento supremo e o astro Olavo

Podcast da piauí analisa os fatos mais relevantes da semana política nacional

Foro de Teresina #28: A crise da democracia, lobistas no governo, e o Twitter como Diário Oficial

O podcast de política da piauí analisa os fatos da semana na política nacional

Mais textos
1

Olavo lidera insurgência entre bolsonaristas

Guru da extrema direita ataca comitiva do PSL na China, deputada responde e briga provoca racha em grupos pró-Bolsonaro no WhatsApp

2

Deputados do PSL na China mandam recado para Bolsonaro sobre Previdência

Integrante da comitiva diz que presidente deveria defender grupo das críticas de Olavo de Carvalho e avisa: “FHC perdeu sua reforma por um voto. Quantos votos o governo tem aqui na China?”

3

Excelentíssima Fux

Como a filha do ministro do STF se tornou desembargadora no Rio

4

The BolsozApp Herald

A rede social mais patriótica do Brasil

5

Genocídio

Em reportagem de 1969, o extermínio sem fim dos índios no Brasil

6

“Despetização” de Onyx tem só 1% de petistas

Em uma semana, governo Bolsonaro exonera 293 de cargos de confiança para eliminar quem "tem marca ideológica clara”, mas só 35 são filiados a partidos, dos quais três, ao PT

8

Povos da megadiversidade

O que mudou na política indigenista no último meio século