Igualdades

Funcionários sem fim

Emily Almeida e Renata Buono
29abr2019_09h55

Médias salariais altas, grande número de funcionários. As Assembleias Legislativas dos dois mais ricos estados brasileiros, São Paulo e Rio de Janeiro, estão entre as mais caras do país. Seus gastos também são altos se comparados a outras assembleias ao redor do mundo. Os Legislativos estaduais são o assunto da seção =igualdades desta semana.A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, a Alerj, tem 27 funcionários para cada 100 mil habitantes. Na Assembleia Estadual da Califórnia, a proporção é de três funcionários para cada 100 mil habitantes. Ou seja, para cada funcionário da Assembleia da Califórnia, a do Rio tem 9, proporcionalmente à população.

 

O valor gasto anualmente para pagar funcionários da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (435 milhões) equivale a quase 2 anos de despesas do estado com ensino superior (238,7 milhões em 2018).

Para cada servidor lotado no gabinete da presidência da Assembleia de São Paulo (15), há 9 na do Rio (138).

Em 2018, o custo médio mensal de um servidor ativo da Assembleia de São Paulo foi de 19 mil reais. O valor equivale a 3 salários médios de médicos admitidos no país durante o mesmo período.

O número de funcionários da Assembleia de São Paulo (3.159) corresponde a todos os empregados do setor de geração de energia elétrica no estado.

Embora a Assembleia de São Paulo tenha um número menor de servidores ativos (3 159) em comparação com a do Rio (4 706), seu gasto com funcionários é maior. Um servidor da Assembleia paulista ganha, em média, 2,4 vezes mais que um da Assembleia do Rio.

O gasto anual com servidores da Assembleia de São Paulo (718,5 milhões) seria suficiente para manter os funcionários da Assembleia Estadual da Califórnia (custo anual de 309.5 milhões) por 2 anos.

O gabinete da presidência da Alerj possui uma área de 500m². Se dividida pelo número de funcionários, seriam 3,6m² por pessoa, mesma densidade do estádio do Maracanã lotado. Segundo o vice-presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro, um espaço adequado teria pelo menos 4m² por pessoa.

 

Fontes: Alerj, Alesp, California State Assembly, Caged, Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro, Odebrecht e CAU/RJ.

Emily Almeida (siga @emilycfalmeida no Twitter)

Repórter da piauí

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

leia mais

Últimas Mais Lidas

Os Miseráveis – catástrofe à vista

Revolta de jovens na periferia de Paris é um sinal de alerta para políticos franceses

Foro de Teresina #85: A política de Moro, os negócios de Wajngarten e o nazismo na Cultura

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Os ‘facilitadores’ que ajudaram a família Santos a acumular fortuna

De empresários a contadores, passando por consultores e advogados, a rede de relações que a mulher mais rica da África construiu para proteger seu império

Como o dinheiro desviado de Angola veio parar na Paraíba 

Inquérito da PF obtido pela Pública acusa político próximo do ex-presidente angolano José  Eduardo dos Santos e sua filha Isabel dos Santos de lavar dinheiro de corrupção no Nordeste

Uma Mulher Alta – título banal, belo filme

Inspirado em livro de jornalista vencedora do Nobel, filme aborda traumas de duas ex-combatentes

O império de Isabel

Como a filha do ex-presidente de Angola aproveitou o poder político do pai para, com empresas de fachada e informações privilegiadas, se tornar a mulher mais rica da África

Prejuízo em cacho

Petrobras enterra centenas de milhões de reais em projeto de  biocombustível a partir do dendê – que não produziu nem um litro de óleo

Foro de Teresina #84: Ascensão evangélica, Democracia em Vertigem e a Aliança pelo Brasil

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Mais textos
3

O algoritmo da ágora

A política dos extremos no YouTube

4

Prejuízo em cacho

Petrobras enterra centenas de milhões de reais em projeto de  biocombustível a partir do dendê – que não produziu nem um litro de óleo

5

Como o dinheiro desviado de Angola veio parar na Paraíba 

Inquérito da PF obtido pela Pública acusa político próximo do ex-presidente angolano José  Eduardo dos Santos e sua filha Isabel dos Santos de lavar dinheiro de corrupção no Nordeste

6

A epidemia de doença mental

Por que cresce assombrosamente o número de pessoas com transtornos mentais e de pacientes tratados com antidepressivos e outros medicamentos psicoativos

7

O império de Isabel

Como a filha do ex-presidente de Angola aproveitou o poder político do pai para, com empresas de fachada e informações privilegiadas, se tornar a mulher mais rica da África

8

O herdeiro

Um filho não reconhecido de Bruno Caloi e uma dívida de 350 milhões de reais

9

Foro de Teresina #85: A política de Moro, os negócios de Wajngarten e o nazismo na Cultura

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana