The Piauí Herald The Piauí Herald

Por Roberto Kaz e Afonso Cappellaro (sob a supervisão do jornalista Olegário Ribamar)

Após cair pela nona vez seguida, Bolsa supera índice de Neymar

19set2011_17h08

SÃO PAULO – A recente oscilação dos índices da Bolsa de Valores de São Paulo fez com que a instituição batesse uma marca até então considerada insuperável. Com nove quedas seguidas em menos de um minuto, o IBOVESPA superou o recorde do jogador Neymar, cuja média de tombos e simulações era de 8,97 QPMs (Quedas por Minuto). "Não é fácil superar o maior jogador brasileiro em atividade. Como sabemos, já há algum tempo a cera é uma das maiores commodities do futebol nacional. O recorde já durava dois meses. E nunca devemos esquecer que Neymar precisou de cinco meses para superar Dagoberto, cujo índice QPM era de 8,88", explicou Miriam Leitão.

Analistas políticos chamaram a atenção para um fenômeno que pode jogar um balde de água fria na animação da Bovespa: "Pela velocidade com que os ministros de Dilma estão caindo, vem um novo recorde por aí", assegurou Cristiana Lobo, acrescentando que a oposição pode roubar a cena “caso Aécio caia do cavalo mais uma vez".

Animado, o presidente da BMF&Bovespa, Edemir Pinto, declarou que agora persegue o Santo Graal de todos os recordes: “Há quantas rodadas o Flamengo não vence um jogo no Brasileirão?”, perguntou, animado. Ao receber a resposta, pediu demissão. “Há recordes imbatíveis”, declarou, cabisbaixo.

Leia também:

Neymar cita barroco mineiro como maior influência no seu futebol

Brasil alugará Alemanha para a Copa do Mundo

FIFA lança gerador automático de declarações para jogadores

Após desaceleração do Flamengo, Copom reduz taxa de juros

Arquivo
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.