The Piauí Herald The Piauí Herald

Por Roberto Kaz e Afonso Cappellaro (sob a supervisão do jornalista Olegário Ribamar)

Greve de PMs no Rio faz violência despencar 40%

10fev2012_14h24

UPP – Com um efetivo menor de policiais militares nas ruas do Rio de Janeiro, os índices de criminalidade despencaram. Foram registradas quedas expressivas de interceptação truculenta de meliante sem camisa (65%), tapas na cara de playboy da Zona Sul (44%) e sacode em camelô (39%). Padarias e bares comemoraram a brusca diminuição do número de viaturas exigindo arrego. O comércio paralelo de cafezinhos caiu 87%. "A greve da PM é um passo importantíssimo para o processo de pacificação da cidade", explicou José Mariano Beltrame.

Solidária e unida, a população carioca aproveitou a sexta-feira de sol para aderir à greve. "Exigimos um projeto de lei que garanta os direitos inalienáveis a todo cidadão que luta pelo que é seu neste verão", disse um jovem vereador, numa partida de futevôlei no Posto 9.

O governador Sérgio Cabral aderiu ao movimento e viajou para Paris levando a família a bordo do jatinho de Eike Batista. Sua assessoria informou que a volta deve ocorrer entre maio e junho, quando o clima estiver mais ameno. O jogador Adriano se mudou, em definitivo, para o Rio, em endereço ainda desconhecido.

Até o fim da manhã não foi confirmada a informação de que milicianos tenham dominado a orla e estejam cobrando R$ 5 pelo banho de mar.

Leia também:

Sérgio Cabral anuncia medidas para conter ressacas

Eike cria programa de milhagem para Cabral

Cabral promete bueiros-bomba na Rocinha

Eduardo Paes proíbe terremotos no Rio

Governo baiano só garantirá segurança de quem estiver de abadá

Crise na Bahia: Cláudia Leitte rouba sotaque de Ivete Sangalo
 



Arquivo
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.