Ronaldo será tatu-bola na Copa

13mar2012_15h14

VÁRZEA – Com a saída de Ricardo Teixeira, o ex-jogador Ronaldo assumiu todas as funções na organização da Copa do Mundo de 2014. Prático e eficiente, o craque escalou uma seleção para auxiliá-lo. "O Adriano vai cuidar das cerimônias de abertura e encerramento. Já até contratou o bonde da Chatuba de Mesquita para cantar. De festa, ele entende", adiantou.

Outros nomes anunciados foram Dunga para a assessoria de imprensa e Edmundo para organizar o trânsito. Uma comissão formada por Junior Baiano, Tonhão, Gilmar Fubá, Serginho Chulapa e Felipe Melo fiscalizará o andamento das obras.

Ronaldo delegou funções, mas fez questão de absorver o cargo de mascote. "Assim que soube que o animal escolhido foi um tatu-bola, me senti bastante capaz de desempenhar a função". Assustado, José Maria Marin trocou o mascote por um robalo. "Além de evitar o constrangimento, me parece mais condizente com a alma do país", acrescentou o novo presidente da CBF. 

Leia também:

Ricardo Teixeira vai para o Ministério da Pesca

Lei Geral da Copa proíbe jogos narrados por Galvão Bueno

Brasil alugará Alemanha para a Copa do Mundo

FIFA lança gerador automático de declarações para jogadores

Arquivo
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.