The Piauí Herald The Piauí Herald

Por Roberto Kaz e Afonso Cappellaro (sob a supervisão do jornalista Olegário Ribamar)

População reza para que Galvão Bueno entre em greve

18jul2012_15h05

APARECIDA DO NORTE – Moradores desta cidade foram surpreendidos hoje com a quantidade de romeiros que se dirigiam à catedral com o propósito de pedir a Nossa Senhora que intercedesse junto ao Misericordioso para evitar que Galvão Bueno fosse às Olimpíadas. “Nem quando o Santo Papa nos visitou as artérias da cidade ficaram tão entupidas de peregrinos”, disse Moisés Jandelli, vendedor de suvenires, logo antes de ser informado do propósito dos peregrinos e se juntar à multidão aos gritos de “Santo Pai, intercedei por nós”.

A multidão pedirá ao Senhor que instile em Galvão Bueno o espírito grevista que hoje anima professores universitários, funcionários do IBGE e funcionários da Eletrobras. “Se eles podem parar, por que Galvão também não pode?”, perguntou um esperançoso fiel.

O movimento causou espécie pelo fato de reunir uma multidão sincrética de católicos, luteranos, calvinistas, evangélicos, amish, budistas, hare krishnas, umbandistas, bispos da TV Record e ateus. O zoólogo e evolucionista britânico Richard Dawkins, conhecido por seu combate implacável à religião, foi um dos que se ajoelhou diante da Virgem para pedir a graça de uma Olimpíada, segundo ele, “Galvãoless”. “Estamos diante de um caso extremo. Às favas minhas convicções”, declarou, persignando-se com água benta.

No Rio de Janeiro, romeiros caminharam de joelhos pela pista de atletismo do Engenhão em mortificação do corpo para libertar o esporte do ufanismo histérico. Em São Paulo, vigílias estão sendo realizadas em frente ao Pacaembu. "Conhecimento, paciência e autocontrole têm limite!", desabafou Dalai Lama.



Dilma, Aécio Neves, Demóstenes, Sarney, Carminha, Nina, Paulo Henrique Amorim e Reinaldo Azevedo se congraçaram em torno do objetivo comum da greve ampla, geral, irrestrita e imediata de Galvão. José Serra se colocou à disposição para assinar um manifesto contra Luciano do Valle. Ao ser informado que o narrador não trabalhava mais na Globo, demonstrou surpresa: "Ué, mudou?".

Procurado pela reportagem, Galvão disse que está passando por "mais um teste para cardíaco, amigo". Em seguida, virou para o lado e perguntou: "Pode isso, Arnaldo?" 

Leia também

Lei Geral da Copa proíbe jogos narrados por Galvão Bueno

Brasil alugará Alemanha para a Copa do Mundo

FIFA convoca Adriano para negociar permissão de bebida na Copa

Lula pressiona Blatter para atrasar Copa para 2015

Galvão Bueno é internado com depressão pós-Ronaldo

Arquivo
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.