“Vamos virar o jogo e sair daqui com os seis votos”, diz João Paulo Cunha

28ago2012_18h45

ITAQUERÃO – Em entrevista exclusiva ao piauí Herald concedida durante o intervalo do julgamento do mensalão, o ex-deputado João Paulo Cunha não se mostrou abalado com o placar parcial – até agora, 4 ministros a 2 votaram pela sua condenação. “Com certeza, o julgamento só acaba quando termina, são onze ministros contra onze, e tudo pode acontecer”, disse o candidato a prefeito de Osasco. “Com certeza, nos preparamos com afinco pra essa batalha e estamos confiantes de que vamos virar o jogo e sair daqui com os seis votos necessários para a absolvição”.

Para o petista, o resultado parcial de seu julgamento é injusto. “Com certeza, não fomos felizes nessa primeira etapa e não soubemos traduzir as chances que criamos em votos pela absolvição”, lamentou o petista. Cunha aproveitou para criticar a arbitragem. “O tira-teima mostrou que a minha esposa estava em condição legal no momento em que entrou na agência bancária. A regra é clara.”

O astro de Osasco procurou valorizar os apoios que conseguiu até aqui. “O voto do Toffoli ontem foi técnico e direto, um toque de classe nas costas do procurador-geral. Mas bonito mesmo foi o voto do Lewandowski”, avaliou. “Que pintura! Não tenho dúvida de que será eleito o mais bonito da rodada”.

Questionado sobre suas estratégias para virar o jogo, Cunha disse: “Com certeza, agora é voltar pro gabinete, respirar fundo e conversar com o professor Alberto Zacharias Toron [seu advogado de defesa] pra ver como podemos estar revertendo esse resultado negativo, com muita humildade”. O petista fez questão de agradecer a presença de Adriano, do Flamengo, que assistiu ao julgamento da tribuna de honra. “Ele veio dar uma palavrinha de reforço, isso é bom pro moral. O Adriano é o rei da virada”.

Também na tribuna, o réu José Dirceu procurou minimizar o imacto do resultado do colega sobre o seu julgamento. “Cada jogo é um jogo. O campeonato é longo, temos um bom elenco de advogados".

Diante do placar, as arquibancadas por ora resolveram poupar a mãe dos juízes.

Leia também:

Lewandowski absolve espanhola que restaurou quadro do Cristo

Vazadas fotos de Dirceu nu em hotel de Brasília

Lewandowski desafia Joaquim Barbosa no par ou ímpar

Marcos Valério pede asilo na embaixada do Equador

Advogados acusam procurador-geral de traficar balas juquinha

Arquivo
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.