Padre Marcelo Rossi vira evangélico

14mar2013_16h21

LIMBO – Com a alma mortificada depois da nomeação de um papa argentino, padre Marcelo Rossi convocou católicos carismáticos, ortodoxos, franciscanos, esquerdistas e neoliberais a entregarem suas almas a Edir Macedo. O agora pastor Marcelo Rossi anunciou mudanças em seu repertório. "Abre a carteira pra Deus e vai", será sua nova música de trabalho.

Em romaria, Fafá de Belém, Roberto Carlos, Dunga, Zico, Whoopi Goldberg, Julie Andrews e Zezé di Camargo partiram para a Igreja da Candelária para se desbatizarem. "Argentino, bicho…", lamentou o rei.

Dom Odilo, dom Paulo Evaristo Arns e padre Quevedo se renderam ao carisma manso de R. R. Soares. "Papa argentino no existe!", pregou Quevedo.

Até o fechamento desta edição, Edir Macedo e Silas Malafaia haviam subido 175 posições na lista da revista Forbes. Aturdido, Eike Batista virou evangélico.

Leia também

Patrícia Poeta nega ser pé-frio

"De brasileirum est mais gostosum", diz novo papa

Vaticano terá Ficha Limpa em próximo conclave

Arquivo
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.