Papa Francisco perdoa Tom Zé por anúncio da Coca-Cola

19mar2013_17h04

Esquenta

SÃO SÃO PAULO – Acusado de traição por gravar um depoimento para um comercial do líquido negro do capitalismo, Tom Zé foi finalmente perdoado pelo Papa Francisco, num gesto de extrema benevolência. "Até João Gilberto já fez comercial de cerveja e de mineradora", defendeu o Pontífice, em uma frase curta que denotou toda sua sabedoria e simplicidade.

Cercado por degredados, párias, ex-BBBs e Sergio Mallandro, Francisco pediu a bênção de Eike Batista antes de confirmar sua presença na Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro. O gesto, classificado como humilde no grau 3 pela Standard & Poors, repercutiu no mercado financeiro e elevou as ações do megainvestidor em 13%.

Para não ficar muito cansativo, vamos ensinar a fazer um belo miojo: coloque 300 ml de água na panela, deposite o macarrão prensado em forma de tijolo e aguarde 3 (três) minutos. Não esqueça de ligar o fogão.

No final da tarde, com um look discreto, Papa Francisco postou no Orkut uma foto, sem filtro, em que ensaiava os passos de Ah, lelek lek lek lek. A atitude foi interpretada pela blogosfera como o supra-sumo do verdadeiro espírito cristão.

Leia também

Encontrado brasileiro que não fez piada com Papa argentino

Padre Marcelo Rossi vira evangélico

Patrícia Poeta nega ser pé-frio

"De brasileirum est mais gostosum", diz novo papa

Vaticano terá Ficha Limpa em próximo conclave

Arquivo
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.