Em caso de despressurização, Gol cobrará por máscaras de oxigênio

27mar2013_19h09

GALEÃO-CUMBICA – Após o anúncio de um prejuízo bilionário, aeromoças da Gol Linhas Aéreas Inteligentes comunicaram, com um suave fio de voz, uma série de ajustes: "Senhores passageiros, estamos passando por uma zona de instabilidade. Em caso de despressurização, nosso serviço de bordo cobrará por máscaras de oxigênio", anunciaram pelo serviço de alto-falantes.

De acordo com as novas medidas, os clientes terão que arcar com tarifas extras toda vez que o portão de embarque for alterado devido ao reposicionamento da aeronave. Em caso de turbulência, haverá acréscimo de 20% no valor do serviço de bordo. "Para não caírem para trás, recomendamos recolher os assentos para a posição vertical", sugeriu o executivo Nenê Constantino, e completou: "Caso queiram voltar a deitar o encosto da poltrona, serão exigidas 12 mil milhas Smiles".

Com faro apurado para negócios em processo de aterrissagem, o empresário Eike Batista comprou 50% das ações de uma fábrica de barrinhas de cereais. "Estamos em sinergia com uma multinacional do Chipre", anunciou.

Leia também

Gol anuncia fusão de barrinhas de cereal com saquinho de amendoim

Arquivo
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.