CIA descobre que Paulo Silvino e Jards Macalé são a mesma pessoa

11jul2013_15h02

GOTHAM CITY – Agentes da CIA revelaram um ambicioso esquema para duplicar músicos, humoristas, atores e diretores de teatro e cinema no Brasil. "Foi uma reação da classe artística ao golpe de 64", explicou o jornalista americano Glenn Greenwald. "Paulo Silvino e Jards Macalé, por exemplo, são a mesma pessoa. O mesmo acontece com Alceu Valença e Moraes Moreira", explicou. A ação foi deflagrada pela agência depois que Dan Stulbach estourou em Forrest Gump.

A operação da CIA provocou confissões em cascata: "Sempre desconfiei de que a Mariana Ximenes e o moleque que fez Esqueceram de Mim fossem a mesma pessoa", disse, em depoimento à Comissão da Verdade, a colunista Patricia Kogut.

A Comissão investiga agora rumores de que políticos tenham se infiltrado no movimento. O mesmo molde de José Serra, por exemplo, teria sido multiplicado por quatro. Mr. Burns, Nosferatu, Funéreo Adams se exilaram em outras terras. Serra permaneceu na Transilvânia paulista.

A assessoria de imprensa da presidência apressou-se em negar que Edison Lobão e Jon Hamm, protagonista da série Mad Men, sejam a mesma pessoa. "Lobão é único", diz a nota. 

Leia também

CIA não consegue decodificar correspondência de Djavan

Após espionar Galvão Bueno, agente da CIA pede asilo na Venezuela

Bilhete de Chico Buarque à diarista é considerado magistral

Arquivo
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.