Agora humilde, Sérgio Cabral vai trabalhar de van

30jul2013_14h34

CHATUBA DE MESQUITA – Após declarar que a passagem do Papa Francisco o havia deixado humilde, Sérgio Cabral mudou radicalmente seus hábitos. "Doei meu apartamento no Leblon para o Convento de Santo Antônio e aluguei um quitinete na Vila Mussum, em Mesquita. Vou trabalhar todo dia de van", falou, enquanto mordia um risole de frango com catupiry e colocava um guardanapo de papel na cabeça.

Antes de sair para fazer uma fezinha no jogo do bicho, o governador anunciou que fará um churrasco na laje para confraternizar com os manifestantes que acamparem na frente de sua nova residência. "Já comprei doze garrafas de guaraná Dolly, farofa pronta e cinco quilos de acém", exultou. Em seguida, batucou na mesa e cantou "Mas essa festa e só zoeira / E só zoeira e zoeira ah ha ah / Funk, pagode e cerveja / A noite inteira", enquanto pintava o cabelo com blondor.

No final do dia, passou a se referir a José Mariano Beltrame como "leleke da segurança".

Leia também

Manifestantes identificam governador infiltrado no Rio de Janeiro

Cabral anuncia a criação da PM Ninja

Cabral importará 30 mil policiais cubanos

Eike Batista tem crediário recusado na Ricardo Eletro

Arquivo
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.