The Piauí Herald The Piauí Herald

Por Roberto Kaz e Afonso Cappellaro (sob a supervisão do jornalista Olegário Ribamar)

Polícia Militar não consegue calcular o número de ministérios de Dilma

16mar2015_15h10

PASÁRGADA – O Departamento de Cálculo de Multidões da Polícia Militar convocou uma coletiva de imprensa para declarar que não logrou êxito na tarefa de contabilizar o número de ministérios da presidente Dilma Rousseff. "Temos experiência com grandes aglomerações humanas, mas para tudo nessa vida há limite", desabafou, desesperado, o tenente-coronel Oswald de Souza Bolsonaro.

Em nota, o Datafolha estimou em 10 o número de Ministérios de Dilma. "Temos metodologias apuradas que levam em conta a direção do vento, a umidade relativa do ar e a quantidade de gás pimenta na ionosfera", esclareceu o diretor Mauro Paulino.

Em seu site oficial, o PT acusou a Polícia Militar de atuar em conluio com a Mídia Golpista, com os manifestantes diferenciados e com a Opus Dei. Do outro lado, o Movimento Revoltados Online acusou a Folha de S. Paulo de aderir ao comunismo.

Leia também

Dilma quebra 3 promessas de campanha e pedirá vaia no Fantástico

Dilma fecha delação premiada e contará o que sabe sobre a crise econômica

Dilma adere ao racionamento de popularidade

Dilma criará imposto para taxar corrupção

Dilma autoriza captação de apoio político pela Lei Rouanet

Próximo pronunciamento de Dilma ensinará receita de coxinha

Governo contrata Supernanny para lidar com Renan Calheiros

Renan e Eduardo Cunha aparecem na lista dos envolvidos em receita de melancia grelhada de Bela Gil

Eduardo Cunha anuncia assinatura vitalícia do Netflix para as esposas dos deputados

Eduardo Cunha aprova cota produtos Jequiti para esposas de parlamentares

Eduardo Cunha pleiteia Oscar de melhor ator



Arquivo
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.