Após picar Keith Richards, mosquito é internado com zika

18fev2016_13h13

LAPA – Cientistas mobilizaram toda a Fiocruz para dissecar o organismo de um Aedes aegypti que ingeriu sangue de Keith Richards após uma picada. “Encontramos o mosquito deitadão na areia da praia de Ipanema, às 4 horas da manhã, olhando para o céu, cercado por 54 fêmeas”, disse o infectologista Alaôr Braga. “Feitos os primeiros exames, já é possível dizer que o mosquito caiu no antidoping”, completou.

Após acurados testes, a Fiocruz descobriu que o mosquito foi infectado pelo zika vírus. “A inédita combinação de elementos que compõem o sangue de Keith Richards provocou a criação de anticorpos tão potentes quanto imprevisíveis. Richards não apenas se mostrou imune ao zika como conseguiu transmitir a doença de volta para o inseto junto com doses cavalares de LSD, Caninha da Roça e Gudang”, explicou Braga. A assessoria de comunicação da Fiocruz fez questão de ressaltar que, mesmo após ter o organismo dissecado, o mosquito continua vivo.

Procurado para comentar o caso, o ministro da Saúde Marcelo Castro não foi encontrado. “Ele pediu licença do cargo para se preparar para o show dos Rolling Stones”, revelou sua assessoria.

Arquivo
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.